Humildes Notícias - O site de notícias de Humildes - Bahia

HOME         POLÍTICA          ESPORTE         POLÍCIA         TRÂNSITO         RELIGIÃO         CULTURA E LAZER         EDUCAÇÃO         EMPREGO


16/09
às 02:23
(Foto: AFP)

 O meia Anderson Talisca, do Benfica, falou da emoção que será entra em campo pela Liga dos Campeões. O ex-Bahia joga nesta terça-feira contra o Zenit no Estádio da Luz, em Lisboa, pela competição continental.

"É um momento muito importante na minha carreira. Era algo que sonhava e agora está se tornando realidade. Estou vivendo um sonho. É preciso continuar trabalhando com muita humildade, com confiança, mas sempre com os pés no chão”, afirmou Talisca.

O baiano acredita que o grupo do Benfica, o C, é muito forte. Além do Zenit, completam o grupo o Bayer Leverkusen e o Monaco. "Todas as equipas deste Grupo C são fortes, de grande qualidade. Vamos respeitar todos os adversários, fazer o nosso trabalho com seriedade e, com muita humildade e confiança, lutar pelos nossos objetivos", diz o jogador.

Talisca, que marcou três gols na goleada de 5 a 0 sobre o Vitória de Setúbal, foi elogiado pelo técnico do Chelsea, o português José Mourinho, recentemente - o treinador afirmou que o jogador só não está jogando na Inglaterra por não ter visto de trabalho. "Há muitas equipes grandes e importantes que queriam o Talisca, e muitos tentaram contratá-lo mesmo sabendo que ele não poderia jogar na Inglaterra", disse o técnico. 

O ex-tricolor disse no entanto que seu foco é o Benfica. "Só agradeço a oportunidade de poder estar aqui e ajudar a escrever história no clube. Este é o meu foco: quero ajudar o grupo a ganhar títulos”.

Por Correio

 

16/09
às 02:21

Patrícia Poeta deixará a bancada do Jornal Nacional, que divide com William Bonner há três anos, no dia 3 de novembro, o que de acordo com comunicado enviado pela Globo, nesta segunda-feira (15), a mudança já era prevista desde que a jornalista assumiu o posto. De acordo com informações do site Terra, agora, ela vai se dedicar a um projeto de entretenimento na emissora.

"Nesse período, Patrícia pôde demonstrar todo o seu talento e profissionalismo ao informar os brasileiros sobre os grandes acontecimentos do Brasil e do mundo, ressaltando-se, entre muitos, quatro grandes eventos: o conclave e a eleição do Papa Francisco, quando ancorou o Jornal Nacional direto de Roma em março de 2013, as manifestações de junho de 2013, quando ficou ao vivo por mais de quatro horas no ar ancorando a cobertura, a Copa do Mundo no Brasil, quando acompanhou a Seleção Brasileira por mais de 40 dias, e, agora, as eleições, quando, ao lado de William Bonner, se destacou nas entrevistas com os principais candidatos à presidência da República, com uma condução firme e segura", diz o comunicado assinado pelo diretor geral da TV Globo, Carlos Henrique Schroder, e pelo diretor de Jornalismo e Esporte, Ali Kamel.

Renata Vasconcelos, que apresenta desde o ano passado o Fantástico com Tadeu Schmidt, será a substituta de Patrícia Poeta. Já no comando do dominical ficará a jornalista Poliana Abritta.

Por De Olho na Cidade

 

16/09
às 02:19

Dois medicamentos produzidos pelo laboratório Teuto tiveram a distribuição e comercialização suspensas pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) após vistoria realizada nesta segunda-feira (15). Foram encontradas irregularidades nos remédios Norfloxacino 400 mg (indicado para o tratamento infecções urinárias) e Cloridrato de Amitriptilina 25 mg (usado no tratamento de depressão).

De acordo com a reguladora, a vistoria foi feita após uma série de reclamações recebidas pelo SAC da empresa. Ainda segundo a Anvisa, na embalagem do lote 2946049 do Norfloxacino 400 mg havia blísteres de Cloridrato de Paroxetina 20 mg, outro medicamento, que é antidepressivo.

Já lote 2444510 do medicamento Cloridrato de Amitriptilina 25 mg, apresentou bolhas de ar entre os comprimidos, o que pode comprometer a preservação do remédio e sua eficácia.

A empresa ainda não se pronunciou e os medicamentos destes lotes foram retirados das prateleiras. 

Por Correio

 

16/09
às 02:13

Pesquisa Vox Populi, encomendada pela Rede Record, mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) na liderança com 36% das intenções de voto para presidente da República. A candidata pelo PSB, Marina Silva, aparece com 27% das intenções e Aécio Neves (PSDB) com 15%. Na última pesquisa Vox Populi, Marina tinha 28% das intenções de voto. Os outros dois candidatos mantiveram as mesmas porcentagens.

Brancos e nulos somam 8% e 12% não souberam indicar um candidato ou não quiseram responder. Os candidatos Luciana Genro (PSOL) e Pastor Everaldo (PSC) tiveram 1% das intenções de voto cada um. Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB), Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) tiveram menos de 1% das intenções.

O Vox Populi fez duas simulações de segundo turno. Em uma disputa entre a candidata Marina Silva e Dilma Rousseff, Marina teria 42% das intenções e Dilma, 41%, o que configura um empate técnico, devido à margem de erro do levantamento. Brancos e nulos somariam 11% e 6% seriam os indecisos.

Em uma disputa entre Dilma e Áecio, a candidata do PT venceria com 47% das intenções contra 36% do candidato tucano. Os votos brancos ou nulos seriam 12% e os indecisos, 5%.

O Vox Populi também divulgou avaliação do governo. Os que avaliaram o governo como ótimo ou bom somaram 38%. Aqueles que avaliaram como regular somaram 39% e aqueles que avaliaram como ruim ou péssimo foram 23%. Os que não souberam ou não responderam totalizam 1%.

Foram feitas 2 mil entrevistas em 147 cidades. O levantamento foi feito no sábado (13) e domingo (14). A margem de erro é 2,2 pontos percentuais e o número de registro na Justiça Eleitoral é BR-00632/2014.

 

Por Agência Brasil

 

16/09
às 02:01
Divulgação

O vereador Sérgio Nogueira (PSB), de Dourados (MS), causou polêmica com um discurso feito na Câmara local nesta segunda-feira (15). Ele propôs que os homossexuais fossem colocados todos em uma ilha isolada do resto da sociedade por 50 anos, segundo o Yahoo.

"Não podemos passar a ideia de que o anormal é normal. Bota (sic) as pessoas que pensam assim numa ilha por 50 anos. Coloca essas pessoas numa ilha e depois de 50 anos volta para ver; não vai ter mais ninguém”, afirmou ele em seu discurso.

Logo depois, Nogueira negou ser homofóbico. Ele começou sua fala por conta de um convite para que fosse assistir a uma palestra contra homofobia na Secretaria Municipal de Assistência Social - ele é presidente da Comissão de Assistência Social na Câmara.

O vereador divulgou nota sobre o caso e afirmou ser vítima de uma campanha com intuito de enfraquecê-lo politicamente.

"O contexto da discussão era sobre o ensino da orientação homossexual nas escolas, de forma sistemática, conduzida pelo Estado, direcionado ao público infantil. O vereador compreende e respeita os direitos civis da comunidade Homoafetiva. No entanto, defende que a discussão acerca da campanha didática, que foi o tema do discurso do vereador no plenário, por ser endereçada ao público infantil, não pertence apenas ao Estado, de forma unilateral, antes, deve ser debatido com as famílias, com os diretores e professores das escolas e com as lideranças religiosas que manifestam posicionamento quanto ao assunto."

Ele diz ainda que o Estado "deve respeitar a sociedade, sobretudo o segmento religioso cristão, no sentido de que não deve existir o estímulo ao comportamento homossexual ao público infantil. A acusação de “homofobia” não pode se constituir em um argumento neutralizador da compreensão das comunidades religiosas, no sentido de permitir ao Estado o estímulo à opção de ordem homossexual. As escolas devem ser espaços neutros no tocante à sexualidade, sobretudo, quando o público é infantil. Esta é a preocupação dos segmentos religiosos que têm cobrado a atenção do vereador na cidade de Dourados.

Finaliza dizendo que “todos devemos ser contrários à homofobia”, ou seja, à discriminação de pessoas por causa da orientação homossexual. Mas o Estado deve respeitar também a compreensão de fé das comunidades religiosas, de forma a não induzir este comportamento ao público infantil".

Por Correio

 

15/09
às 22:26
O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (Ifba) prorrogou as inscrições para o Processo Seletivo 2015 dos cursos técnicos e superiores até o dia 16 de outubro. As vagas são destinadas a Salvador e cidades do interior da Bahia. Este ano as vagas ofertadas aos cursos de graduação serão 100% ocupadas através do Exame Nacional do Ensino Médio. As cidades beneficiadas são Barreiras, Brumado, Camaçari, Euclides da Cunha, Eunápolis, Feira de Santana, Ilhéus, Irecê, Jacobina, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salinas da Margarida, Salvador, Santo Amaro, Seabra, Simões Filho, Valença e Vitória da Conquista. As inscrições devem ser realizadas através do site www.ifba.edu.br e a taxa de inscrição para os cursos técnicos é de R$ 30. A solicitação de isenção da taxa de inscrição também foi prorrogada e segue até o dia 25 de setembro. As provas ocorrem no dia 07 de dezembro.
Por Correio

 

15/09
às 22:17
A história do distrito de Humildes, localizado na zona rural de Feira de Santana, está intensamente ligada à religiosidade de seu povo, diz o pesquisador Antônio Ramos, conhecido como professor Ramos Feirense. “A igreja sempre teve uma vida muito ativa e devemos muito da nossa história a essa devoção a Nossa Senhora dos Humildes”, disse Ramos. Segundo o professor, os primeiros registros de batismo em Humildes estão em livros datados do período de 1752 a 1760, o que, segundo Ramos, demonstra o quanto é antiga a existência da localidade rural. Na época, o distrito era ligado administrativamente a São Gonçalo dos Campos. Ainda segundo o pesquisador, uma figura se destaca na história de Humildes: o padre Henrique Alves Borges, que dá nome a um grande colégio que funciona hoje no distrito. “Foi um dos grandes nomes de Humildes. Era um gago ilustre, prestava muitos serviços a Humildes, São Gonçalo dos Campos, Conceição da Feira. Quando as pessoas ouviam o sermão dele, saíam da igreja revigoradas”, disse Ramos Feirense".
Por De Olho na Cidade

 

15/09
às 22:13
Um homem acusado de ter estuprado o próprio sobrinho de sete anos de idade foi preso na manhã desta segunda-feira (15) e encaminhado para o Presídio Regional de Feira de Santana. A prisão foi feita pelos policiais da Delegacia para o Adolescente Infrator (DAI), sob o comando da delegada Klaudine Passos, titular da especializada. José Carlos da Conceição, 36 anos, morador na Expansão do Feira IX, nega ter abusado da criança, mas a delegada afirma que a vítima é taxativa ao acusá-lo. Além disso, a família da criança apresentou na delegacia um relatório médico, que reportava que a vítima tinha adquirido, inclusive, uma doença sexualmente transmissível. O laudo também aponta que a criança apresenta lesão perianal e anal. O laudo médico foi apresentado na delegacia no dia 13 de agosto. Na ocasião, todos foram ouvidos, inclusive o acusado, que não foi preso em flagrante, de acordo com Klaudine, pois o abuso tinha ocorrido um mês antes. O fato teria ocorrido na casa da avó da criança. “Jose Carlos foi preso em cumprimento ao mandado de prisão preventiva, após ter sido confirmado através de declarações, não só da vítima, como de familiares, de que ele teria estuprado o sobrinho de sete anos. O procedimento foi encaminhado à justiça para ser analisado pela autoridade judiciária”, informou a delegada.
Por Acorda Cidade

 

15/09
às 15:34
Foto:Aldo Matos
Um homem foi assassinado a tiros por volta das 10h30 desta segunda-feira (15), na Avenida Eduardo Fróes da Mota, no conjunto Jussara, em Feira de Santana. De acordo com o policial rodoviário federal Emerson Fontes, populares informaram que Gilmário Cana Brasil da Cunha, 28 anos, estava parado em uma moto Honda azul, de placa JQU-3629. quando discutiu com outro motociclista e este sacou uma arma efetuando o disparo. O autor do tiro fugiu, e a vítima morreu No local. A delegada Herundina Nunes, que efetuou o levantamento cadavérico, confirmou as informações do PRF e informou que um celular encontrado no local foi apreendido e será usado nas investigações. A vítima trabalhava como mototaxista clandestino e, após consulta no Infoseg (Rede de informações de Segurança Pública), na Delegacia de Homicídios, a polícia constatou que a vítima possui um mandado de prisão em aberto na cidade de Araraquara (SP).
Por Acorda Cidade

 

15/09
às 00:12
(Foto: Divulgação/CAP)
O Vitória voltou a tropeçar no Brasileirão. Na noite desse domingo (14), o Leão entrou em campo para enfrentar o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada, em jogo da 21ª rodada, e volta para Salvador com a décima primeira derrota na competição. O placar de 2 a 0 a favor do Furacão, que encerrou o jejum de seis rodadas sem vencer, foi construído com os gols de Marcelo e Hernani.
 
A derrota fez o Rubro-negro baiano volta para a indesejada lanterna. Sem marcar, o Leão permaneceu com 18 pontos, viu os principais rivais de Z-4 vencerem e não conseguiu escapar da última colocação da tabela. O Furacão voltou a vencer depois de uma série negativa, foi a 28 pontos e recuperou duas posições, subindo para 11º.
 
O Vitória volta a campo na próxima quarta-feira (17), para o compromisso da 22ª rodada, e joga em casa contra o Fluminense, a partir das 19h30, no Barradão. No mesmo dia e horário o Atlético Paranaense encara o desafio diante do líder Cruzeiro, no Mineirão.
 
Bola rolando 
Mais à vontade pelo jogo em casa, o Atlético Paranaense começou melhor a partida na Arena da Baixada. Com mais velocidade e arrancadas no ataque, o Furacão criou as melhores chances dos minutos iniciais. Logo no primeiro minuto, depois da chegada de Willian Rocha pela esquerda, ele cruzou para a área, a bola sobrou para Bady, que chegou chutando, mas o desvio na zaga do Vitória mandou a bola para fora. Uma nova investida com perigo aconteceu na marca dos nove. Douglas Coutinho invadiu a área pela esquerda, cruzou na frente do gol, Dellatorre chegou para cabecear, mas só desviou para fora.
Após a pressão inicial do Atlético, o Rubro-negro baiano trabalhou o toque de bola para tentar esfriar o jogo e conter o ímpeto inicial dos donos da casa. Mesmo cadenciando o duelo, o Vitória ainda não conseguia mostrar poder ofensivo e o Furacão seguia criando mais oportunidades de abrir o placar. Mais à frente, o time da casa abriu o placar aos 29 minutos. Na bola lançada pela direita, Marcelo disparou, entrou sozinho na área e fuzilou para o fundo da rede de Gatito Fernandez.A desvantagem no placar pedia que o Vitória abrisse seu jogo para ir em busca do empate. Mas o Leão fez isso somente em partes e o quadro da disputa não mudou muito até o final do primeiro tempo. O Atlético seguiu mais ativo no ataque, o Leão praticamente não levou perigo, mas teve a melhor chance aos 36 minutos, no entanto, mal aproveitada por Marcinho, que recebeu o lançamento na área, fez bonito para tirar o zagueiro do lance, mas pegou muito mal no chute e mandou para a lateral. Assim, a rede não voltou a balançar até o intervalo.
 
Segundo tempo 
Na volta do jogo na etapa final, o Vitória conseguiu aumentar a posse de bola, na comparação com o primeiro tempo, buscava o controle da partida, mas ainda faltava objetividade nas finalizações. Conduzindo bem a bola até a área, o Leão pecava nos cruzamentos mal finalizados e ainda não conseguia ameaçar com maior perigo o goleiro Weverton. Para os donos da casa, a segunda etapa começou com o jogo mais atrás e partindo para cima nos contra-ataques.
 
Na marca dos 20 minutos, o Vitória chegou e mais uma vez mostrou que estava com dificuldades no arremate. Marcinho lançou para a área, Caceres chegou para completar, mas errou no domínio e perdeu a oportunidade de cara com o gol. No minuto seguinte o Atlético devolveu o susto com mais perigo. Mosquito recebeu na área, conseguiu se livrar da marcação, girou chutando forte e Gatito Fernandez desviou para escanteio. Tentando a pressão, mais uma vez o Leão ofereceu perigo na área atleticana aos 23 minutos. Edno pegou o rebote frente à frente com Weverton, chutou, mas o goleiro do Atlético fez grande defesa para evitar o gol.
 
No momento em que o Vitória se mostrava mais animado no ataque, acabou surpreendido por mais um gol dos donos da casa. Aos 24 minutos, Hernani mandou o chutaço cruzado de longe e Gatito Fernandez aceitou, caindo atrasado para a defesa e vendo a bola estufar a rede. Depois de tomar o segundo gol, o Vitória perdeu o embalo ofensivo que acabava de começar e o Atlético voltou a mandar no jogo. Sem poder de reação, o Rubro-negro baiano seguiu até o apito final sem conseguir reverter a situação negativa.
 
Atlético-PR 2 x 0 Vitória - 21ª rodada do Brasileirão 2014
Data: 14/9/2014, 18h30
Local: Arena da Baixada, em Curitiba
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (ES-CBF)
Assistentes: Ramires Santos Candido (ES-CBF) e Fabio Faustino dos Santos (ES-CBF)
 
Atlético-PR: Weverton; Mário Sérgio, Cleberson, Gustavo e Willian Rocha; Deivid, Hernani e Bady; Marcelo (Paulinho Dias), Dellatorre (Mosquito) e Douglas Coutinho (Sidclei). Técnico - Claudinei Oliveira
 
Vitória: Gatito Fernández; Nino, Kadu, Luiz Gustavo e Juan; José Wellison (Edno), Cáceres (Guillermo Beltran), Richarlyson, Marcinho e Escudero (Willie); Dinei. Técnico - Ney Franco
 
Por Correio