Humildes Notícias - O site de notícias de Humildes - Bahia

HOME         POLÍTICA          ESPORTE         POLÍCIA         TRÂNSITO         RELIGIÃO         CULTURA E LAZER         EDUCAÇÃO         EMPREGO


05/08
às 02:45

O Procon, de acordo com o Código de Defesa do Consumidor, não pode exigir que supermercados ou outros estabelecimentos comerciais embalem suas vendas em sacolas plásticas. “O CDC não prevê sacolas grátis”, diz a superintendente do órgão em Feira de Santana, Suzana Mendes.

Outro ponto é a ação da Abras (Associação Brasileira de Supermercados) nos tribunais federais superiores, na defesa da suspensão da doação das sacolinhas.

Ela afirmou que a fiscalização do Procon nestes estabelecimentos tem como foco na relação de consumo. A boa prestação do serviço. “Toda mercadoria deve ter a etiqueta com o preço, os produtos devem estar bem acomodadas e os produtos não devem estar com os prazos vencidos, entre outras muitas situações”.

A atenção ao serviço prestado é prevista no CDC. A superintendente comentou que as ações de fiscalização são rotineiras nestes estabelecimentos e que está prevista na lei a aplicação de multas e a suspensão das atividades da empresa.

Por Secom

 

05/08
às 02:43

O Governo do Estado vai passar a cobrar valores pelo uso de água bruta nas grandes indústrias e empresas da Bahia. Os recursos arrecadados serão investidos na recuperação de bacias hidrográficas.

Em visita a Feira de Santana, o secretário de Meio Ambiente do Estado, Eugênio Spengler, explicou à reportagem do Jornal do Meio Dia (Princesa FM) explicou que a cobrança pela água não será feita a todos os usuários de água.“Não estou falando do cidadão comum pagar.

Estou falando, por exemplo, de uma fábrica de cerveja, que capta a água do subsolo e transforma aquilo em produto para comercialização. Estamos discutindo quanto ela vai pagar por metro cúbico de água”, disse o secretário.

Ainda segundo o secretário, a previsão é que a cobrança pelo uso de água bruta vai comaçar a ser feita no início do ano que vem.

Por De Olho na Cidade

 

05/08
às 02:40
Correio
A partida entre Vitória e Ceará, neste sábado (8), na Arena Castelão, vai ter um gostinho de revanche para os jogadores Rubro-negros. O time alvinegro foi o algoz do Leão na Copa do Nordeste deste ano quando eliminou a equipe na semifinal da competição regional. Mas na Série B os papéis se inverteram. Se no início da temporada o Vovô estava voando e o Vitória em crise, agora a coisa está diferente. Com 28 pontos, o time baiano é o vice-líder da Série B. Já o Ceará está na lanterna, do Brasileirão, com apenas 11.
 
"Nosso time não é o mesmo das outras competições, mudaram algumas peças, mas é Ceará e Vitória. Temos que ter concentração, foco, para que isso seja quebrado. Tabu foi feito para ser quebrado e tenho certeza que no sábado vamos fazer um bom jogo", disse o zagueiro Ramon. 
"O jogo vai ser difícil, mesmo na situação que estão vão estar com o apoio da torcida. Nós sabemos que eles são muito fortes lá. Agora eles estão com um novo treinador, que era o mesmo do Macaé, que jogou aqui com a gente. Pode ter um esquema um pouco mais fechado, mas jogando lá dentro, com o apoio da torcida, eles vão vir para cima", concluiu Ramon. 
 

Para a partida, o técnico Vagner Mancini vai contar com os reforços do meia-atacante Vander e do volante Amaral. Os dois foram punidos por atrasos durante a semana e ficaram fora do duelo contra o América-MG. Quem também pode voltar é o goleiro Fernando Miguel. Ele chegou a treinar durante a semana passada, mas foi vetado pelo departamento médico. Fernando vai ser avaliado pelos médicos do clube para saber se vai ter condições de jogo.  

Por Correio

 

05/08
às 02:38
Foto:AFP

A lutadora Ronda Rousey prometeu que caso vencesse a brasileira Bethe Correia no UFC 190 o cinturão de peso-galo ficaria no Brasil. Ela passou facilmente pela brasileira e cumpriu a promessa, visitando nesta terça-feira (4) o Instituto Reação ao lado do ex-judoca Flavio Canto, dono da instituição.

"Tocou o meu coração o que vi aqui no Reação. A maneira com a qual fui recebida no Brasil nunca aconteceu em nenhum lugar do mundo. Queria encontrar uma maneira de retribuir e fazer algo especial por esse país tão importante para mim e para o MMA. Eu me inspiro vendo vocês treinando e queria de alguma forma inspirar vocês também", afirmou a lutadora, doando seu cinturão. 

 

Por Correio

 

05/08
às 02:32

A empresa de telefonia TIM abriu 10 vagas de emprego na Bahia para contratação imediata, em diversos setores de atuação. Além disto, mais 80 vagas serão abertas no estado até o mês de dezembro. Vagas são para diversos setores, mas a maioria é para pessoas com deficiência.

Entre as áreas com oportunidades abertas estão marketing, planejamento, administrativo, suporte a vendas e lojas, entre outras. Os candidatos podem ter Ensino Médio completo e/ou Superior completo ou em curso. Pessoas com qualquer tipo de deficiência podem se candidatar.

Os currículos devem ser cadastrados através dos portais www.tim.com.br e www.vagas.com.br. A empresa oferece participação nos lucros e resultados, celular funcional com pacote de minutos, assistência médica, assistência odontológica, vale-refeição e alimentação, auxílio creche, previdência privada, seguro de vida e programa de reconhecimento diferenciado. 

 

Empresa abre mais de 800 vagas para trabalhar em cruzeiros; salários chegam a R$ 7,5 mil. 

Quem curte trabalhar em projetos diferentes pode se candidatar para trabalhar temporariamente em navios de cruzeiro. 

A Infinity Brazil, agência de recrutamento especializada no setor, está com mais de 800 vagas disponíveis em diversos departamentos, que vão desde camareira a recepcionista.

Os salários variam de US$ 700 a US$ 2,2 mil (R$ 2,4 mil a R$ 7,5 mil). Para se candidatar basta realizar o cadastro no site da empresa. Lá também é possível acessar a relação de vagas. O interessante é que a primeira entrevista será realizada de forma virtual, via Skype.

 

Por Ibahia

 

05/08
às 02:22
Agência Brasil

Plenário da Câmara dos Deputados manteve hoje (4) a idade mínima de 18 anos para os candidatos a deputado federal, estadual e distrital com a rejeição, por 412 votos contra 16, de um destaque que aumentava a idade mínima para 21 anos.

Os deputados retomaram hoje as votações dos destaques ao texto da reforma política, com a análise de dois pontos. Ainda faltam analisar três destaques. Nesta terça-feira, após um acordo de líderes, ficou definido que o plenário votaria dois destaques: o primeiro, tratava da idade mínima para a candidatura a deputado; o segundo, sobre a fidelidade partidária, mas que foi retirado de pauta.

Amanhã (5), os deputados vão analisar o último ponto que trata do financiamento de campanha. O texto aprovado em primeiro turno permitia aos “partidos políticos receber doações de recursos financeiros ou de bens estimáveis em dinheiro de pessoas físicas ou jurídicas”.

Uma emenda do PT e do PPS pedia a supressão da expressão "ou jurídicas" do texto aprovado, que permite a doação de empresas a partidos políticos. Os líderes do PMDB, Leonardo Picciani (RJ) e do DEM, Mendonça Filho (PE), apresentou uma questão de ordem argumentando que, caso o texto fosse aprovado, seria retomada a proposta rejeitada em primeiro turno, o que é inconstitucional.

Ao analisar o tema, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), acatou a questão de ordem. Segundo ele, será colocado novamente em votação o texto integral que trata do financiamento de campanhas, que prevê a possibilidade de doações de pessoas físicas a candidatos e a partidos e de empresas a partidos.

Por Agência Brasil

 

04/08
às 03:52
Secom

Quem for ao Parque de Exposição João Martins da Silva durante a 40ª Exposição Agropecuária de Feira de Santana terá a opção de entrar ou sair pela avenida Noide Cerqueira. A Expofeira, principal evento da pecuária do interior do estado, vai acontecer entre os dias 6 e 13 de setembro.

O secretário de Agricultura, Wellington Andrade, lembra que no ano passado foram registrados problemas de congestionamento na BR 324, à altura do Parque. “Acredito que esta alternativa vai contribuir para que este problema aconteça, porque boa parte dos veículos vai entrar e sair por esta estrada”, disse o secretário.

A busca da alternativa foi motivada pela observação do trânsito no ano passado, quando os veículos que transitavam na BR e os que saiam da avenida deixaram o tráfego muito lento.

De acordo com ele, houve um acordo, com o dono da área de terra onde a estrada vai ser construída, para a cessão em regime de comodato. Os veículos ficarão estacionados em uma área próxima do local onde os shows são realizados, que está sendo estruturado para oferecer segurança.

Por Secom

 

04/08
às 03:51

A Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) notificou 53 empresas durante o mês de julho, por descumprimento de leis municipais e federais em Feira de Santana. Destas, oito terminaram sendo multadas por descumprirem os direitos dos consumidores.

As irregularidades foram constatadas em maior volume nos postos de combustíveis, onde 45 foram notificados, por não cumprirem a Lei Municipal  3.521/2015, que determina a instalação de calibradores digitais.

Durante fiscalização de agências bancárias foram emitidas três notificações e mais dois autos de infração. Neste mesmo período, uma casa lotérica foi notificada, tendo como base lei municipal.

Os estacionamentos particulares também foram alvo de fiscalização com a notificação de quatro empresas e advertência de mais uma. Enquanto isso, foram realizadas nove visitas a estabelecimentos comerciais, com notificação de quatro, emissão de uma advertência e aplicação de auto de infração em cinco.

Fiscais do Procon também visitaram supermercados - seis estabelecimentos. Destes apenas um sofreu auto de infração por estar comercializando produtos com data de validade vencida.

Por Secom

 

04/08
às 03:49

Dois homens foram durante uma ação de policiais militares com carteiras de habilitação falsas em Feira de Santana. As prisões aconteceram na Rua Monsenhor Moiséis do Couto, no bairro Campo Limpo.

Segundo a polícia, os acusados estavam em um carro e quando foram parados e abordados em uma blitz da PM.  Um dos acusados, Daniel Oliveira, de 34 anos, disse que pagou a quantia de R$ 1.500 para obter os documentos. Outro preso, José Claudio de Jesus, de 35 anos, alega ter adquirido a CNH pelo valor de R$ 2 mil.

Os dois acusados informaram à polícia o nome de um homem com quem compraram os documentos. A pessoa apontada por Daniel e José Claudio está sendo investigado pela polícia. Os presos disseram ainda não ter conhecimento de que os documentos eram falsos.

Em entrevista ao Programa De Olho na Cidade, o major José Hildon Lobão, da Polícia Militar, disse que existe na cidade um comércio de carteiras de habilitação falsas. “Já estamos sabendo desse derrame de carteiras e estamos criando os mecanismos de fiscalização, com abordagens a carros e motocicletas”, afirmou o oficial.

Por De Olho na Cidade/ Messias Teles

 

04/08
às 03:45

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse hoje (3) que a presidenta Dilma Rousseff sancionará o projeto de lei que autoriza estados e municípios a sacar até 70% dos recursos depositados em juízo em processos envolvendo entes públicos. De acordo com o ministro, os trechos que serão vetados tratam de "detalhes" referentes a questões técnicas, como alguns parágrafos em conflito com a legislação.

O projeto permite que estados e municípios saquem, de imediato, cerca de R$ 21 bilhões para pagamento de precatórios judiciais, dívida pública e investimentos. A partir de 2016, eles teriam direito a retirar R$ 1,6 bilhão por ano. Joaquim Levy afirmou que a hierarquia de retirada desses recursos prevista no projeto será mantida, ou seja, eles precisam utilizar os recursos para o pagamento que terá que ser feito na seguinte ordem: precatórios judiciais, dívida pública, despesas de capital e recomposição dos fluxos de pagamento.
 
O projeto aprovado prevê que até 10% da parcela destinada ao fundo de reserva, que será criado após a lei entrar em vigor, poderão ser usados pelos estados, municípios e pelo Distrito Federal para constituírem o Fundo Garantidor de Parcerias Público-Privadas, destinados "exclusivamente a investimentos de infraestrutura". Essa parte do projeto, segundo o ministro, não será vetada.  Segundo ele, foi possível em uma reunião ocorrida esta tarde no Palácio do Planalto chegar a um "bom entendimento" sobre os "pontos essenciais", e haverá "eventualmente alguns vetos técnicos".
 
Levy e os ministros da Casa Civil, Aloizo Mercadante, e da Advocacia-Geral da União, Luís Inácio Adams, se reuniram com os governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin, e do Distrito Federal (DF), Rodrigo Rollemberg, além de representantes dos estados do Ceará, da Bahia e de Goiás. A lei entrará em vigor assim que for sancionada pela presidenta. O prazo para sanção é até quarta-feira (5)
Por Agência Brasil