Humildes Notícias - O site de notícias de Humildes - Bahia

HOME         POLÍTICA          ESPORTE         POLÍCIA         TRÂNSITO         RELIGIÃO         CULTURA E LAZER         EDUCAÇÃO         EMPREGO


19/06
às 07:11
O aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp deixará de funcionar em alguns celulares a partir do dia 30 de junho. A companhia informou que o serviço não funcionará nos aparelhos com sistema operacional BlackBerry OS, BlackBerry 10, e Nokia Symbian S60 a partir do fim do mês e recomenda aos usuários que façam a troca dos smartphones por modelos mais atualizados.
 
O WhatsApp alega que esses sistemas, por serem antigos, têm limitações para o desenvolvimento de novas tecnologias de segurança. A empresa havia anunciado a decisão de suspender o suporte a essas plataformas no início do ano passado, junto com o fim do suporte a versões para outros sistemas operacionais.
 
Está em estudo também o desligamento da versão do aplicativo para Nokia S40, mas não há previsão de como isso se dará. Outras versões cujo desligamento também foi anunciado – como de Android anteriores a 2.3.3, Windows Phone 7 e iPhone 3GS/iOS6 – ainda não tiveram prazo final estabelecido pela empresa.
 
Segundo o WhatsApp, a decisão foi "difícil", mas necessária por conta das mudanças no mercado que fizeram esses dispositivos perderem espaço para outras tecnologias. ” Quando demos início ao WhatsApp em 2009, a maneira com que as pessoas utilizavam smartphones era bem diferente do que é hoje. A App Store da Apple por exemplo, existia há apenas alguns meses. Cerca de 70%dos smartphones vendidos na época, possuíam sistemas operacionais desenvolvidos pela BlackBerry e Nokia”, disse a empresa em seu blog à revista 'Época'.
 
Por De Olho na Cidade

 

19/06
às 07:01


Foi enterrado na tarde deste domingo (18) o corpo da cantora paraibana Eliza Clívia, ex-vocalista da banda Cavaleiros do Forró. O sepultamento aconteceu no Cemitério da Saudade, em Livramento - cidade do Cariri paraibano onde Eliza nasceu.
A cantora e o marido dela, o baterista Sérgio Ramos, morreram em um acidente de carro na sexta-feira (16), no Centro de Aracaju, capital sergipana, quando o veículo em que estavam bateu contra um ônibus.
 
O velório de Eliza foi realizado no Palhação do Forró, local onde são realizados grandes eventos no município. Já o corpo do marido de Eliza foi velado em João Pessoa e depois levado para o município de Currais Novos, no Rio Grande do Norte, onde foi sepultado.
 
Além do casal, três pessoas da equipe também estavam no veículo no momento do acidente. Elas foram socorridas e encaminhadas ao Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Duas ainda permanecem internadas: o motorista que conduzia o veículo e o empresário de Eliza.
 
Elizia, que iniciou a carreira solo há quatro meses, estava na cidade para divulgar um show, que seria realizado no dia em que ela morreu. 

Por Ibahia

 

19/06
às 06:49
A estudante Nair Gonçalves foi eleita a rainha do São Pedro de Humildes, concorrendo com outras nove candidatas, em disputa acirrada ocorrida no espaço Juca Eventos, na manhã deste domingo, 18.
 
Kailane Neves e Elaine Gonçalves, respectivamente, se sangraram 1ª e 2ª princesas. Trajando calça jeans, as candidatas desfilaram para uma comissão julgadora formada por Naron Vasconcelos, Liu Cerqueira, Constança Borges, Antônia Oliveira, Sabrine Cortes, Aniely Evangelista e Marina Batista.
 
Quem também brilhou na passarela foi a jovem bailarina clássica Camile Vitória. Com apenas 14 anos, a aluna do Centro Universitário de Cultura (CUCA), da UEFS, encantou as torcidas organizadas e o público presente com uma performance de leveda plástica e beleza, ao som da música "We-cants Top, de Miley Cyrus.
 
Edinho Batista, responsável pela coordenação da 17ª edição do concurso, ponderou que o evento busca "a valorização do sexo feminino e, principalmente, das mulheres de Humildes".
 
O evento foi presidido pelo secretário Edson Borges, da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, responsável pela promoção do certame.
 
Por Secom

 

19/06
às 06:46
A Câmara Municipal de Feira de Santana realiza amanhã (19), a segunda edição do projeto 'Câmara Itinerante' este ano. O encontro ocorre às 8h30, na Escola Rosa Maria Esperidião Leite, no distrito da Matinha.
 
No encontro, os moradores têm a oportunidade de expor problemas do distrito. O objetivo é aproximar o contato direto dos vereadores com a população urbana e rural da cidade.
 
A primeira edição aconteceu na última quarta-feira (14), na Escola Municipal Emiliana Souza Oliveira, no bairro Conceição I e reuniu um público 'considerável'.
 
Por De Olho na Cidade

 

16/06
às 16:28

 Morreu na tarde desta sexta-feira (16), vitima de um aX cidente de carro, a cantora Eliza Clívia. Ela estava em um veículo de passeio que foi atingindo por um ônibus em um cruzamento da cidade de Aracaju, Sergipe.

Morreu na tarde desta sexta-feira (16), vitima de um acidente de carro, a cantora Eliza Clívia. Ela estava em um veículo de passeio que foi atingindo por um ônibus em um cruzamento da cidade de Aracaju, Sergipe.
 
O acidente aconteceu no cruzamento das ruas Maruim e Arauá, no Centro da capital sergipana.
 
Eliza estava na cidade para divulgar um show especial com ex-integrantes da Cavaleiros do Forró, banda a qual fez parte e a projetou no ritmo. Ela se desligou recentemente da banda Cavalo de Aço para seguir carreira solo.
 
A cantora chegou a participar de programas de TV em Aracaju e era aguardada para uma entrevista numa emissora de rádio esta tarde, quando aconteceu a tragédia. A própria emissora que a receberia no estúdio para o bate-papo noticiou a morte.
 
Um integrante da banda que estava com ela no carro, Sérgio Ramos, que também era seu namorado, chegou a postar uma foto nas redes sociais horas antes do acidente com a legenda: “Cansados, nadinha”.
 
Por Portalenoticias.com

 

15/06
às 02:53

Quase 70% das atrações contratadas pela Prefeitura de Feira de Santana para animar os festejos juninos nos distritos de Maria Quitéria, Tiquaruçu, Jaíba, Humildes e Bonfim de Feira, serão regionais. É o forró com o DNA da tradição.

Estes grupos se apresentarão nos palcos principais e nos espaços que terão temáticas culturais, que são montados durante o São João de São José, que acontece de 22 a 24, e no São Pedro de Humildes, que será realizado de 29 a 1º de julho.

A formatação da grade de atrações tem como objetivo agradar a todos os participantes, tanto quem gosta do forró eletrizado como aquelas que admiram o forró tradicional, também conhecido como pé-de-serra.

E em todos os anos os espaços atraem um grande público, principalmente, mas não somente, os forrozeiros mais antigos, que são ligados nos grupos mais tradicionais, aqueles formados por sanfoneiro, zabumba na marcação e triângulo.

Nestes casos, o máximo da modernidade é a presença de um contrabaixo. Neste ano, serão 18 grupos com estas características para animar o São João e o São Pedro. Que carregam as bandeiras da cultura regional.

São para estes espaços que os adeptos do forró com DNA mais puro, gonzaguista, se dirigem. E por lá ficam enquanto o fole ronca e assiste as apresentações culturais, geralmente quadrilhas juninas, outro traço cultural importante.

 

 

 

 

 

Por Secom

 

15/06
às 02:49

Nesta quinta-feira (15), feriado nacional de Corpus Christi, o comércio de Feira de Santana terá funcionamento facultativo das 12h às 17h. 

O funcionamento do comércio se dá por conta de um acordo entre o sindicato patronal e o sindicato dos trabalhadores do comércio. 

As lojas que decidirem abrir durante o feriado têm que pagar as horas extras aos funcionários e os vales-transporte complementares.

Por De Olho na Cidade

 

15/06
às 02:48

As ruas de Feira de Santana receberão um colorido especial amanhã (15). Neste dia a Igreja Católica celebra, em todo o mundo, a festa de Corpus Christi, uma solenidade que reúne fé, tradição e arte.

Os tradicionais tapetes já começarão a ser confeccionado na noite desta quarta, se entendendo por toda madrugada. 

Às 8h30 será realizada uma missa na Praça Padre Ovídio, de onde sairá a procissão do Santíssimo Sacramento no sentido Avenida Presidente Dutra, passando pela Avenida Senhor dos Passos e pela Rua Conselheiro Franco, retornando para a praça da Matriz. 

Por De Olho na Cidade

 

15/06
às 02:46

Foi sofrido, suado e na raça, mas o Vitória conseguiu recuperar um jogo quase perdido, nesta quarta-feira (14), no Barradão. Num jogo em que estava perdendo por dois gols de diferença no intervalo, o Leão foi cima no 2º tempo e chegou ao empate em 2x2. 

O time, pelo menos no primeiro tempo, decepcionou. Com dois minutos, David recebeu a bola de Kieza, se livrou de dois e mandou uma bomba de fora da área, carimbando o pé da trave de Gatito, mas a superioridade durou pouco.

Com 15 minutos, os cariocas se impuseram. Chegaram com perigo com Pimpão, após lindo cruzamento de Arnaldo, e não demoraram a transformar o bom futebol em gol. 

Aos 29 minutos, Pimpão mandou um cruzamento certeiro para Bruno Silva. Thallyson falhou feio e, ao furar, viu o volante botafoguense abrir o placar e fazer 1x0. 

Confiante com o gol, o Botafogo foi pra cima e quase chegou ao segundo após Fred recuar mal para Fernando Miguel. Pimpão roubou a bola e bateu, mas Kanu salvou em cima da linha. 

A falha que resultou no gol do Botafogo aparentemente mexeu com Thallyson. Aos 41, falta para o Botafogo. João Paulo cobrou e Fernando Miguel tirou de soco. O lateral, que deveria marcar Bruno Silva, falhou de novo, deixou o volante passar com facilidade, cabecear e ampliar o placar para 2x0.

O Vitória ainda arriscou nos momentos finais do primeiro tempo com cruzamento de Thallyson para Neilton, mas o atacante cabeceou por cima do travessão. 

Respira fundo, Leão!

O intervalo foi importante para o Vitória, que voltou a campo  mais equilibrado. Aos 4 minutos, David arrancou para cima de Arnaldo e cruzou rasteiro para Gabriel Xavier. Victor Luis errou o bote e o meia, sozinho, chutou rasteiro na saída de Gatito e diminuiu: 2x1.

O Botafogo pressionou, apertou Fernando Miguel duas vezes após o gol, com jogada de Roger e tabelinha de João Paulo e Rodrigo Lindoso, mas não conseguiu ampliar. 

O Vitória precisava fazer valer sua força dentro do Barradão. Foi lá e fez. Aos 30 minutos, o Leão transformou a cara emburrada dos torcedores em um largo sorriso. 

Gabriel Xavier lançou André Lima na área e, o atacante, que não jogava há mais de um mês, deixou Kieza na cara do gol para empatar o jogo e soltar o grito da garganta da galera rubro-negra. 

No fim do jogo, Gabriel Xavier reclamou com o árbitro e foi expulso. Com isso, ele está fora do próximo jogo, domingo (18), contra o Sport, na Ilha do Retiro.

Por Correio

 

15/06
às 02:29

Nem o frio, a fome, o cansaço ou o desespero de estar em um local desconhecido deixou Eric Geovane de Oliveira, 23 anos, mais aflito do que a preocupação com seus familiares. Inclusive, por eles, o jovem buscou forças para resistir durante sete dias, em mata fechada, e andar a esmo em busca de ajuda. "Se eu morresse, a minha dor acabaria ali. Mas a dor da minha família iria durar quanto tempo?", questionou-se, em entrevista ao CORREIO. A conversa, nesta quarta-feira (14), foi na casa de um tio de Eric, em Salvador, onde ele se recupera da jornada que quase lhe custou a vida.

O jovem, que neste ano participou de quatro raves - eventos que costumam reunir milhares de pessoas que, assim como ele, curtem música eletrônica -, não imaginava que a sua primeira participação na edição da Aurora, realizada no sábado (3), em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, se transformaria em um pesadelo. E dos piores. Não podia presumir também que as drogas sintéticas, que usava com frequência nas festas, pudessem lhe tirar a consciência ao ponto de fazê-lo procurar abrigo em uma mata, na localidade de Abrantes, depois de acreditar que estava sendo perseguido por pessoas estranhas.

As substâncias responsáveis por causar alucinações no jovem estavam no LSD e no ecstasy, drogas psicoativas capazes de estimular diversas sensações e que, em outras ocasiões, foram capazes de deixar Eric na "onda da música". Como chegou no último dia do evento, já no domingo (4), depois de sair da cidade de Irecê, onde mora, precisava curtir as últimas horas de som ao lado de três amigos. "Eu tinha acabado de chegar e estava totalmente lúcido. Estava pegando a festa pela metade e queria curtir o clima. Era o horário que as melhores músicas e os melhores DJs estavam se apresentando", conta ele que, diferente de outras ocasiões, tomou um LSD inteiro, misturando com um comprimido de ecstasy.

Minutos depois, as composições químicas começaram a causar sensações não vivenciadas antes pelo jovem. O clima do local, que era de descontração, enquanto estava lúcido, se transformou em um filme de terror. "Comecei a achar tudo muito estranho. Tive a sensação de que não podia confiar em ninguém. Não consigo descrever exatamente o que senti. É difícil narrar a situação. Só queria fugir dali". Foi então que, depois de retornar ao carro, estacionado a cerca de 50 metros da entrada da festa, o jovem decidiu procurar refúgio na mata.

Início da saga

Tentando fugir do clima estranho e da sensação de desconfiança que lhe acometia, Eric, sob efeito das drogas, pulou uma cerca e se escondeu na mata fechada, caminhando sem parar até as 5h da segunda-feira (5). "No primeiro dia, a sensação ainda era de perseguição. Isso se arrastou até a noite. Inclusive eu consegui escutar o som da festa, que estava prevista para terminar no dia anterior. Não sei se era a produção do evento ou se a festa se estendeu. Mas, como não confiava em ninguém, decidi continuar a procurar um local que eu me sentisse seguro", conta ele.

Já mais sóbrio, Eric não conseguia entender se a sensação de estar sendo perseguido era real ou fruto do efeito das drogas. Ele chegou a escutar vozes de um grupo de agentes da Defesa Civil chamar pelo seu nome, mas, receoso, decidiu recuar depois de imaginar que alguém da festa teria descoberto o seu nome, depois de pegar a identidade deixada no carro.

Formigas, escorpião e cueca molhada

Durante os dias em que esteve perdido, o jovem revela que, na ausência de frutas, chegou a comer formigas e a utilizar a própria cueca para absorver a água da chuva. "Durante o dia era muito calor e a noite fazia muito frio. Acho que só sobrevivi porque choveu todos os dias. Tive que comer formiga para recuperar as energias. Também tive que sugar água da minha própria cueca para matar a sede", revela.

Além da fome, do cansaço e dos arranhões espalhados pelo corpo, ele chegou a ser picado por um escorpião. Eric afirma que só conseguiu sobreviver devido ao conhecimento em trilhas e a uma torre de rádio. "Eu não confiava nas pessoas do evento, então, eu quis buscar ajuda de pessoas que não tivessem vínculo com a festa. Depois de um tempo caminhando, avistei uma torre de rádio que apontava a frequência para um lado. Eu já sabia que a frequência aponta para o local onde tem casas", explica o rapaz. O conhecimento sobre o aparelho era possível porque a mãe de Eric é radialista na cidade de Irecê, no Centro Norte baiano.

Depois de sete dias perdido, o jovem conseguiu encontrar uma fazenda. Foi lá que recebeu a ajuda de um senhor que já sabia sobre o desaparecimento dele. "Eu só não fugi porque confiei no semblante humilde dele. Depois foram aparecendo mulheres e crianças que estavam na casa. Me senti mais confortável".

Após ser socorrido para o Hospital Geral de Camaçari (HGC), onde ficou internado por um dia, Eric agora espera a poeira baixar para voltar para sua terra natal, onde trabalha num posto de gasolina. Enquanto isso, se recupera ao lado da mãe, de um primo e mais dois tios. O tratamento para as sequelas da peregrinação está sendo feito pelos próprios parentes. O jovem toma antibióticos a cada 8 horas, além de analgésicos para aliviar as dores nos pés, que ainda continuam inchados devido ao grande esforço físico.

"Meus planos são colocar a cabeça no lugar pra evitar situações de risco como essa. Quero limpar meu corpo e tocar a vida pra frente. Não vou mais utilizar nada. Sou um homem de palavra", garante ele, antes de sair para um passeio em comemoração ao seu aniversário, no mês em que acredita que nasceu de novo.

Por Correio

 


PAES, BISCOITOS, SALGADOS, CONFEITARIAS E MUITO MAIS, ENTREGA PARA EVENTOS E ANIVERSÁRIO. Av. Getúlio Vargas, 927 fone (75)2101-9920 Feira de Santana BA.