Humildes Notícias - O site de notícias de Humildes - Bahia

HOME         POLÍTICA          ESPORTE         POLÍCIA         TRÂNSITO         RELIGIÃO         CULTURA E LAZER         EDUCAÇÃO         EMPREGO


29/10
às 19:11
Secom

Os agentes municipais de endemias, que trabalham no combate aos vetores de criação do mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue e da febre chikungunya, receberam na tarde desta quarta-feira, 29, os novos fardamentos. A distribuição aconteceu no auditório João Batista de Cerqueira, da Secretaria Municipal de Saúde.

Cada agente recebeu equipamentos de proteção individual (EPIs) e fardamentos que vão facilitar a identificação dos profissionais da Vigilância Epidemiológica pela população. “São trabalhadores que prestam relevantes serviços à comunidade e fazem com dedicação e amor, agindo diretamente com os vetores, por isso precisam estar bem protegidos” ressaltou Francisca Lúcia Oliveira coordenadora da Viep.

O ato de entrega também contou com a presença da diretora da Rede Própria da SMS, Tânia Moreira. Os agentes de endemias receberam camisas, botas, bonés, luvas, protetor solar, repelentes, material para afixar fichas e etiquetas de visita, entre outros itens que vão padronizar e acompanhar os trabalhadores nas operações de campo.

O trabalho dos agentes consiste em fazer a cobertura de toda a cidade com ações de prevenção e combate ao mosquito, sendo este intensificado nas áreas onde há maior número de casos de dengue ou chikungunya notificados. Além disso, o carro “fumacê” também atua conforme o diagnóstico das áreas de geo-referenciamento, que sinaliza o número de casos num determinado bairro.  

"Nosso objetivo é manter 100% da sede e dos distritos sob vigilância constante e o trabalho neste sentido dentro da maior segurança possível, tanto para a população quanto para os nossos agentes", finalizou a coordenadora da Viep.

Por SECOM

 

29/10
às 19:07

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) disse nesta quarta-feira (29) que os senadores vão derrubar o decreto da presidente Dilma Rousseff que regulamenta o funcionamento dos conselhos populares, a exemplo do que ocorreu na noite desta terça (28) na Câmara. O projeto será analisado pelo Senado.

Renan disse que o assunto é "polêmico" e enfrentará resistência dos senadores a qualquer momento em que for votado.

"Já havia um quadro de insatisfação com relação à aprovação dessa matéria. Ela ser derrubada na Câmara não surpreendeu. Da mesma forma que não surpreenderá se ela for, e será, derrubada no Senado Federal", disse Renan.

O presidente do Senado também respondeu ao ministro Gilberto Carvalho (Secretaria Geral da Presidência), que classificou a derrubada do decreto como "anacrônica" e disse que o resultado da votação na Câmara foi uma "vitória da vontade conservadora de impor uma derrota política à presidente".

"Sinceramente, mais uma vez, o ministro Gilberto Carvalho não está sabendo nem o que está falando", rebateu Renan.

A aprovação na Câmara de um projeto que susta o decreto presidencial foi a primeira derrota de Dilma no Congresso após as eleições. Além de regulamentar o funcionamento dos conselhos, a proposta vincula suas deliberações a decisões governamentais de interesse social.

Com a declaração, Renan admite que o Senado vai impor derrota semelhante a Dilma, de quem o PMDB --partido dos presidentes da Câmara e do Senado-- é o principal aliado no Congresso. A derrubada da medida foi capitaneada pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), com apoio do PMDB. O PT, PC do B e PSOL, favoráveis à consulta popular, ficaram isolados na defesa da proposta.

Renan negou, porém, que a derrubada do decreto pelos deputados seja consequência da insatisfação de muitos aliados com o tratamento recebido pelo Planalto durante o período eleitoral. "Ao contrário. Essa dificuldade já estava posta desde antes das eleições. Apenas se repete. Essa coisa da criação de conselhos é conflituosa, não prospera consensualmente no parlamento. Deverá cair."

Por IG

 

29/10
às 18:56

O resultado do 2º turno das eleições dominou as redes sociais com novos ataques a nordestinos, mas também deu força a movimentos separatistas, que rejeitam a reeleição de Dilma Rousseff (PT) e lutam por uma nova divisão geográfica do Brasil. O mais forte discurso foi observado em São Paulo, onde o deputado eleito Coronel Telhada (PSDB) declarou apoio ao processo de independência do Sul e Sudeste, exceto Minas Gerais e Rio de Janeiro, que tiveram maioria de votos ao PT. “Devemos nos submeter a esse governo escolhido pelo Norte e Nordeste? Eles que paguem o preço sozinhos”, disse o político em seu perfil do Facebook.

Ao iG, o deputado faz um recuo em seu discurso e cita um “mal-entendido” entre os seguidores, dizendo agora que não quer separar as regiões brasileiras, mas dar autonomia política aos Estados do Brasil, possibilitando que eles criem sua próprias leis, num sistema federativo similar ao dos Estados Unidos.  

“Foi um mal-entendido. Não era para ter uma repercussão tão negativa, apenas defendi a autonomia estadual. Sou totalmente contra a separação física e geográfica [de São Paulo]. Demoramos tantos anos para conseguir montar uma democracia, um Brasil unido, que separação não é a resposta”, justifica Telhada, sobre a fala que foi compartilhada 15 mil vezes na rede social.

Na última terça-feira (28) pela manhã, o post já não era encontrado no perfil do coronel, “possivelmente foi apagado pelo número de reclamações que o Facebook recebeu”, sugere. “Precisamos tomar muito cuidado com o que a gente escreve. Às vezes, a gente escreve uma besteira”. A repercussão da fala de Telhada foi instantânea. Entre palavras de opoio e acusações de racismo contra o deputado, seguidores divulgavam a existência da página Movimento São Paulo Independente (MSPI), que apoia a fundação de um novo país, a República de São Paulo.

Por IG

 

29/10
às 14:30
Rafael Marques/Humildes Notícias

O Colégio Estadual Padre Henrique Alves Borges, vem realizando desde o último dia 21 de setembro, a Quarta Gincana do Conhecimento. Com o tema "O homem e a tecnologia", o projeto é uma atividad pedagógica desenvolvida pela gestão e professores com o objetivo de integrar, harmonizar e desenvolver o espírito de competição e cooperação entre os alunos.

O tema foi desenvolvido com o objetivo de fazer os alunos refletirem sobre a relação do ser humano com seus semelhantes a natureza e a sociedade, a partir do uso das tecnoligias para facilitar a execução dos seus trabalhos nas diversas profissões.

O evento traz tarefaz de conhecimento pedagógico a exemplo de tarefas lúdicas e esportivas a exemplo do futebol, futsal e baleado. 

O projeto visa também ajudar as famílias e instituições carentes com a distribuição de cestas básicas recolhidas perecívelmente pelos alunos. 

As equipes foram distribuidas entre os estudantes e batizadas com o nome dos sites de pesquisas como Google e Yahoo, e das redes sociais Facebook, Twitter, Whatssap e Vibe. 

Os alunos testaram seus conhecimentos na língua portuguesa através do soletrando, desafios de lógica matemática, tarefas surpresas e artísticas como dança, grito de guerra e confecção de cartazes.

O evento segue durante essa semana com promessa de culminância para segunda-feira dia (03). Confira abaixo algumas fotos da gincana.

           

 

   

 

     

 (Fotos: Rafael Marques / Humildes Notícias)

 

Por RAFAEL MARQUES/ HUMILDES NOTÍCIAS

 

28/10
às 21:41
Secom

Sete jogos definiram os classificados para as quartas-de-finais da Copa de Bairros 2014. As partidas, que foram realizadas no sábado, 25, por conta do processo eleitoral, contou com muita disputa e emoção. Os jogos da próxima fase já serão realizados no domingo, 2 de novembro.

Os times que se classificaram foram: Alto do Papagaio, Eucalipto, Bom Viver, Santo Antônio, Irmão Dulce, Vila Verde, George Américo e Queimadinha. O Alto do Papagaio se classificou vencendo o Papagaio nos pênaltis, após o empate de 1 a 1 no tempo regulamentar. O mesmo aconteceu na partida entre o Santo Antônio e Parque Violeta, com o primeiro conquistando a classificação.

No Campo do Jaime, o Eucalipto derrotou por 1 a 0 a equipa da Brasília. Jogando fora de casa, o Bom Viver derrotou a Queimadinha por 2 a 0, garantindo a classificação. Porém, o time derrotado também comemorou. De acordo com as regras, das sete equipes derrotadas, a que fez melhor campanha na primeira fase, também teria vaga garantida nas quartas.

A equipe do Irmã Dulce bateu o Campo Limpo por 3 a 2. Já o Vila Verde derrotou o Viveiros por 2 a 0. Jogando em casa, o George Américo venceu o Jardim Cruzeiro por 2 a 1.

Os confrontos para a próxima fase só serão conhecidos na terça-feira, 28, em local e data ainda a serem definidos pelo Departamento de Esportes da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer.

Por SECOM

 

28/10
às 21:34

A Justiça Federal suspendeu temporariamente o concurso da Polícia Federal (PF) para 600 vagas de agente, objetivando viabilizar o acesso de pessoas com deficiência aos cargos de delegado de polícia federal, perito criminal federal, escrivão de polícia federal e agente de Polícia Federal.

As inscrições encerraram no último domingo (26) e tem como organizadora a empresa Cespe/UnB. De acordo com a decisão, é necessário adequar o edital do certame à decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), do ano passado, que determina a reserva de vagas para pessoas com deficiência em concursos. A Advocacia Geral da União (AGU) informou que poderá recorrer da decisão.

A Cespe/UnB comunicou a suspensão em seu site e informou que novas informações relacionadas ao concurso serão divulgadas em data oportuna no endereço eletrônico: http://www.cespe.unb.br/concursos/dpf_14_agente

Por De olho na cidade

 

28/10
às 21:24

Por 13 votos a favor e quatro contra, o Conselho de Ética da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta terça-feira o relatório do deputado Marcos Rogério (PDT-RO) recomendando a cassação do mandato de Luiz Argôlo (SD-BA). Argôlo responde por quebra de decoro parlamentar devido a sua relação com doleiro Alberto Youssef, preso na Operação Lava Jato. O parlamentar é acusado de receber dinheiro e favores de Youssef.

Durante a sessão, os deputados Wladimir Costa (SD-PA) e Mauro Lopes (PMDB-MG) saíram em defesa de Argôlo argumentando não haver provas de que o parlamentar recebeu vantagens ilícitas. Costa disse que Argôlo podia ser vítima de uma injustiça. “Estamos aqui questionando a falta de provas. Tem de apresentar provas materiais”, enfatizou o deputado paraense. O argumento foi repetido pelo advogado de Argôlo, Aluísio Lundgren Correa Régis. “A defesa entende que não há provas”, insistiu. O relator rebateu os discursos e disse que existem provas robustas contra Argôlo, incluindo evidências de solicitação de vantagens financeiras. “O crime de corrupção passiva se caracteriza apenas pelo ato de solicitar vantagens”, respondeu Marcos Rogério.

O deputado Júlio Delgado (PSB-MG) afirmou que mesmo passado o processo eleitoral era preciso preservar a imagem da Câmara. “Tem a imagem do Parlamento, da Casa, independente do processo eleitoral”, defendeu. “Não podemos fechar os olhos aos fatos”, emendou o deputado, ressaltando que as investigações da Operação Lava Jato devem trazer à tona novos detalhes do esquema a partir dos depoimentos da delação premiada. O relatório de Marcos Rogério foi apresentado no dia 14 de outubro, mas um pedido coletivo de vista impediu a votação. No parecer, o relator diz que ficou claro que houve quebra de decoro por parte de Argôlo, uma vez que ele atuava “como cliente de Alberto Youssef, recebendo dinheiro para si próprio e outros beneficiários”.

O relatório diz que Argôlo intermediava contatos com empresas, tinha suas operações financiadas pelo doleiro e ainda pedia favores, como ajuda para interferir em licitações. “Houve evidente quebra de decoro”, destaca. A defesa de Argôlo ainda pode recorrer à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) em um prazo de cinco dias, como fez o deputado André Vargas (sem partido-PR). O recurso de Vargas - que também enfrenta um processo de cassação por sua relação com o doleiro Alberto Youssef - seria analisado hoje pela comissão, mas não houve quórum para votação. Os julgamentos de Argôlo e Vargas precisam passar pelo crivo do plenário para que os parlamentares fiquem inelegíveis por oito anos. Vargas e Argôlo não disputaram a reeleição, mas trabalham para que a cassação não seja votada pelo plenário.

 

Por Correio

 

28/10
às 21:17

O ex-atacante do Vitória, Hulk, que jogou a última Copa do Mundo 2014 pelo Brasil, criticou através de uma publicação no Instagram o comentarista da GloboNews, Diogo Mainardi, pelos comentários no programa Manhattan Conection sobre as Eleições 2014. Diogo havia declarado que o "Nordeste sempre foi retrógrado, sempre foi governista, sempre foi bovino, sempre foi subalterno em relação ao poder durante a ditadura militar, depois com o reinado do PFL e agora com o PT". Nesta terça-feira (28), o jogador do Zenit, da Rússia, deu o troco.

Paraibano de nascença, Hulk criticou o jornalista afirmando que Mainardi desconhece a importância da região para o país e tampouco possui respeito aos nordestinos. "Morando tanto tempo fora do Brasil, o jornalista Diogo Mainardi não demonstra conhecimento pela importância do Nordeste ao país e, principalmente, respeito com a população nordestina. Já que ele também fala de cultura, será que ele sabe a importância destes homens para o Brasil: Graciliano Ramos, Rui Barbosa, Glauber Rocha, Jorge Amado, Suassuna, Renato Aragão, Caetano Veloso, Gilberto Gil, José Wilker e Chico Anysio?", questionou o jogador.

"Infelizmente, o Mainardi demonstra ignorância e arrogância quando critica o Nordeste. Nossa população tem dificuldades e luta com humildade para melhorar sua condição de vida. As maiores dificuldades foram impostas pelos diversos governos ao longo dos anos. Mainardi, respeite o Nordeste!", finalizou.

 

Por Ibahia

 

28/10
às 16:05
Foto: Reprodução
Estão abertas as inscrições para o processo seletivo 2014 dos cursos gratuitos de aprendizagem industrial de nível básico e técnico de nível médio, oferecidos pelo Senai Bahia.
 
As inscrições prosseguem até o dia (14) e não há taxa de inscrição para o processo seletivo. Os interessados devem se inscrever exclusivamente pela internet, no site www.fieb.org.br/senai.
 
Para os cursos de nível básico serão oferecidas 2.664 vagas gratuitas, distribuídas em 31 cursos em diferentes áreas, contemplando 21 municípios baianos. Já para os cursos técnicos de nível médio serão oferecidas 1.240 vagas gratuitas, distribuídas em 13 cursos, contemplando 11 municípios baianos.
 
Para os cursos de aprendizagem básica, serão selecionados os candidatos que atenderem aos requisitos de idade e escolaridade de cada curso, além de respeitar os seguintes critérios, na seguinte ordem: ordem cronológica de inscrição; for mais velho.
 
É importante ressaltar que para os cursos de aprendizagem técnica, é necessário que os candidatos tenham participado do Enem em 2011, 2012 ou 2013. Serão convocados os candidatos que obtiverem a maior pontuação, obedecendo à ordem de classificação e o limite de vagas para cada curso.
 
As listas completas destes cursos estão disponíveis no site www.fieb.org.br/senai, bem como a carga-horária, a quantidade de vagas por localidade/curso e o perfil dos candidatos (idade e escolaridade).
 
As aulas terão início no dia 02 de fevereiro de 2015, de segunda à sexta-feira, podendo acontecer também aos sábados, nos locais estabelecidos pelo Senai. Os alunos aprovados no processo seletivo poderão ser posteriormente contratados como aprendizes pelas indústrias. Conforme determina a legislação, os alunos com contratos de aprendizagem cumprirão ainda uma etapa prática na empresa por uma carga horária igual à fase teórica.
 
Os cursos de aprendizagem industrial são oferecidos pelo Senai, conforme a demanda do setor industrial, para atender à legislação que regulamenta a contratação de aprendizes – Lei nº 10.097/2000 e o Decreto nº 5.598/2005. Com exceção de micro e pequenas empresas, todos os estabelecimentos, de qualquer natureza, são obrigados a empregar e matricular um número de aprendizes equivalente a 5% no mínimo e 15% no máximo dos seus empregados, cujas funções demandam formação profissional.
Por De Olho na Cidade

 

28/10
às 15:32
A cantora Roberta Miranda surpreendeu seus seguidores da rede social Instagram na noite desta segunda-feira (27). Ela postou uma foto nua apenas coberta por um chapéu e usou a legenda “Sem filtro. E aí?! Gostaram do chapéu?”.
 
Logo em seguida, Roberta postou um vídeo contando que sua empresária havia lhe pedido para excluir a polêmica foto. “Help me, meus fãs e seguidores. Aquela chata da minha empresária mão de vaca e careta quer que eu tire rapidinho a minha foto do Instagram, essa foto inocente do chapéu... Estou emburrada!”, disse.
 
(Foto: Reprodução instagram)
Por Acorda Cidade