Humildes Notícias - O site de notícias de Humildes - Bahia

HOME         POLÍTICA          ESPORTE         POLÍCIA         TRÂNSITO         RELIGIÃO         CULTURA E LAZER         EDUCAÇÃO         EMPREGO


23/11
às 19:26

A partida começou ruim para o Vitória, apesar de ter a primeira chance, logo aos 12 segundos de jogo, em finalização de Dinei tentando pegar o time da casa desprevenido. Antes mesmo do apito inicial, o goleiro Wilson foi vetado da partida, com dores no ombro.

O Vitória bem que tentou, mesmo sem nenhuma mudança no intervalo, correr atrás do resultado. Quem precisou alterar o esquema foi o Figueirense, com a lesão de Jefferson, que deu o lugar para Willian Cordeiro.

Até o final do jogo, Dinei e Edno tentaram de todas as formas reverter a situação desfavorável para o ameaçado Leão, mas a boa marcação do time da casa e mais uma partida impecável do goleiro Tiago Volpi impediram uma reação. Final: 2 a 0 Figueirense.

O  Vitória, volta a campo lutando contra o rebaixamento contra um despretensioso Flamengo, novamente fora de casa, mas não no Rio, e sim na Arena Amazônica, no sábado, às 21h.

Por Globo Esporte

 

23/11
às 19:08
IG

Nunca um título do Campeonato Brasileiro se anunciava tão cedo na era dos pontos corridos quanto o do Cruzeiro em 2014. Os comandados por Marcelo Oliveira atingiram a ponta da tabela na sexta rodada, após vencer o Sport por 2 a 0, e não largaram mais. Adversários até esboçaram uma concorrência, mas que não passaram de meras ameaças.

São 31 jornadas de forma soberana na primeira colocação, com sete pontos de vantagem para o vice-líder. O quarto nacional da história do clube e o segundo consecutivo, obtido de forma antecipada neste domingo, após a vitória por 2 a 1 sobre o Goiás, no lotado Mineirão, vem de forma incontestável.

Com o triunfo, o Cruzeiro chegou a 73 pontos, atingindo a mesma pontuação da campanha vencedora em 2013 e faltando duas rodadas para o fim do Brasileirão. Não há melhor forma de mostrar: o era já bom pode ficar ainda melhor.

Por IG

 

23/11
às 19:00
s

Uma reunião entre técnicos da Prefeitura de Feira de Santana, da Caixa Econômica Federal (CEF) e do Governo Federal, na próxima quarta-feira, 26, pela manhã, definirá a programação para publicação da licitação pública que o Governo Municipal apresentará visando a implantação do sistema de transporte público de ônibus urbano, o BRT.

O encontro, programado para as 10hs, foi anunciado pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, no final da manhã deste domingo (23), durante entrevista ao programa Silvério Silva Show, na Rádio Subaé AM e ancorado pelo radialista Silvério Silva.

O prefeito José Ronaldo informou como será o sistema do BRT e a importância dele para o município. “Oferecerá uma melhoria significativa no que se refere à mobilidade urbana”, destacou.

Conforme explica o prefeito, o BRT contemplará principalmente as avenidas Getúlio Vargas, João Durval Carneiro e Maria Quitéria, além da construção de mais duas Estações de Transbordo, nos bairros Sim e Pampalona, além da reforma das três já existentes (Centro, Tomba e Cidade Nova).

O sistema prevê a implantação de linhas exclusivas, onde forem possíveis, para o tráfego de ônibus do transporte coletivo e também de táxis com passageiros. No percurso serão construídas várias pequenas estações, com estruturas modernas e confortáveis.

Paralelo a este trabalho, o Governo Municipal também está concluindo um estudo sobre o transporte coletivo urbano realizado por ônibus em Feira de Santana, visando identificar as necessidades de adoção de medidas que venham melhorar o funcionamento do sistema.

 
Por SECOM

 

23/11
às 18:46
Secom

Diante do responsável pela sua transferência do município de Barra para Feira de Santana, onde exerce o arcebispado há quase 20 anos, dom Itamar Vian comemorou com o núncio apostólico no Brasil, dom Giovanni D’Annielo, seus 30 anos de episcopado. A data foi marcada por uma celebração eucarística na Igreja de Santo Antônio (Capuchinhos), na tarde deste sábado (22), atraindo milhares de fiéis de diversas paróquias da região e inúmeros líderes religiosos.

As comemorações também marcaram os 10 anos de fundação da Faculdade Católica na cidade, com a formação de 81 novos sacerdotes, e ainda o mesmo período de instalação do Seminário Maior Santana Mestra.

 Durante a celebração, o prefeito José Ronaldo de Carvalho, que esteve acompanhado do secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), Antônio Carlos Borges Júnior, destacou a trajetória do arcebispo metropolitano, dom Itamar Vian, assim como suas ações à frente da Igreja Católica na região. Também deu as boas vindas ao núncio apostólico, dom Giovanni D’Annielo, em nome da população feirense.

 Emocionado, dom Itamar Vian, que está prestes a se aposentar, revelou possuir em sua vida quatro famílias: a primeira, formada pelo pai e pela mãe; a segunda, a província dos freis capuchinhos, onde fez noviciado em 1959; a terceira, a família da cidade de Barra, onde passou a fazer parte em 1984; e, por fim, “Deus me deu a quarta família, que é a Arquidiocese de Feira de Santana, para onde vim em 1994”.

 Cumprindo uma extensa agenda em Feira de Santana durante este final de semana, o núncio apostólico no Brasil destacou a satisfação de estar nesta cidade e assumiu o compromisso de retornar aqui no próximo ano, para inaugurar para inauguração de mosteiro e também de levar o abraço caloroso dos católicos feirenses ao Papa Francisco.

 
Por SECOM

 

23/11
às 18:38

Lucio Francisco do Nascimento, integrante do grupo Molejo, recebeu um mandado de prisão por não pagar pensão alimentícia à filha de 13 anos, fruto do relacionamento com a ex-mulher, Melissa Borba.

De acordo com o jornal 'Extra', a dívida já estaria em torno de R$ 30 mil reais. Lucio foi casado por cinco anos com Melissa, que atualmente vive com a filha no RS. Há dois anos, a ex-esposa do pagodeiro entrou com uma ação em Porto Alegre pedindo que o ex-marido passasse a pagar uma pensão à adolescente. Foi determinado, então, que ele depositasse mensalmente três salários mínimos para a filha.

“Ele não cumpriu o determinado e já deixou de pagar o colégio e o plano de saúde da filha. Em agosto, setembro e outubro ele depositou uma quantia de R$ 1 mil e vive dizendo que não tem dinheiro. Não acho justo. É muito triste chegarmos a esse ponto. Mas, infelizmente, esgotei toda a minha paciência. Agora basta! Minha filha só não está passando necessidade porque tem uma mãe, mas é obrigação dele ajudar na criação dela. Sempre que eu o procurava, ele dizia para eu aguardar a Justiça, e a Justiça pediu a prisão dele! Ou ele paga ou vai pra cadeia!”, desabafa Melissa à publicação.

 

Por Ibahia

 

23/11
às 18:31

Duas apostas, uma de Cianorte (PR) e outra do Rio de Janeiro, vão dividir o prêmio de R$ 135 milhões do sorteio 1655 da Mega-Sena. As dezenas sorteadas no concurso 1.655 da Mega-Sena, neste sábado (22), foram  07 - 24 - 28 - 46 - 53 - 56 . 

Ao todo 704 apostas conseguiram acertar a Quina da Mega, cada uma levando R$ 16.384,73. Na Quadra, foram 39.616 os premiados, com R$ 415,95 para cada.

A aposta mínima é de R$ 2,50 e pode ser feita até as 19h do dia do sorteio em qualquer uma das mais de 12 mil lotéricas do Brasil.

Por IG

 

23/11
às 18:25
Foto: Robson Mendes

O Bahia está praticamente rebaixado no Campeonato Brasileiro. Triunfos de Vitória e Chapecoense neste domingo (23) confirmam a queda matemática do Tricolor para a Série B. Sabendo disso, os jogadores da equipe não esconderam que a situação agora é praticamente irreversível. Na saída do gramado após a derrota para o Atlético-PR, muito choro, nervosismo e desânimo.

Antes do apito final, o lateral-esquerdo Guilherme Santos foi expulso de campo e não escondeu o nervosismo ao discutir com o árbitro do jogo. Além disso, jogadores que estão há mais tempo no clube, como Marcelo Lomba, Fahel, Titi e Lucas Fonseca, evitaram a imprensa. Este último chorou. Alguns outros atletas também foram aos prantos na saída de campo, como o jovem Bruno Paulista. Poucos falaram.

"É difícil falar alguma coisa em um momento desse. Precisávamos da vitória, do resultado, infelizmente não conseguimos. É pedir desculpas para torcida, que sirva de lição. Três anos brigando para não cair. Isso pode servir de lição para que o time possa ter uma diretoria melhor, um elenco melhor para poder disputar a Série A, que é complicadíssima", disse o lateral-direito Galhardo, que foi pouco aproveitado durante a temporada e ressurgiu nesta reta final de Série A.

O atacante William Barbio reclamou da arbitragem por uma lance de pênalti não marcado. "É complicado. A gente fez nosso máximo, a torcida vem, os jogadores lutam, acho que lances bobos, claros, tem cinco juízes (árbitro, bandeirinhas e auxiliares de linha de fundo) e eles não enxergam pênalti. É trabalhar, pedir desculpa. Tem nem palavra. É buscar os resultados que faltam", disse o atacante.

Por Correio

 

23/11
às 18:20

Uma mulher de 29 anos foi socorrida para o Hospital Geral do Estado (HGE) em Salvador (BA),  após sofrer queimaduras na manhã deste domingo (23), no bairro de São Cristóvão. O crime aconteceu por volta das 9h30 na rua da França, dentro da vítima, identificada como Vanice Rodrigues Gomes. Segundo informações da Central de Polícia, o autor do atentado foi o companheiro dela, que fugiu em seguida.

O casal estava junto há três meses. Na manhã de hoje, ele passou na casa da namorada e os dois começaram a discutir. Durante a briga, o rapaz jogou um ácido no rosto da companheira e fugiu. A substância utilizada ainda não foi identificada.

Vanice foi atingida nos dois olhos, no braço esquerdo e na cabeça. Ela foi socorrida por vizinhos para o HGE, onde segue internada. Segundo a instituição, os olhos da moça foram as áreas mais atingidas pelo ácido, e ela corre risco de perder a visão.

O namorado dela está foragido, e a Polícia Civil suspeita que ele tenha se refugiado no interior, na cidade onde nasceu. O motivo da discussão do casal ainda não foi determinado. O estado de saúde de Vanice também não foi divulgado pela polícia.  

Por Correio

 

22/11
às 05:16
Divulgação

O curta-metragem O Caminhão do Meu Pai é um dos finalistas ao Oscar 2015. Dirigido pelo paulista Mauricio Osaki, o filme concorre com outras nove produções ao prêmio de Melhor Curta-Metragem. Na categoria Documentário, disputam uma vaga as produções Elena, de Petra Costa, e This Is Not a Ball, do artista plástico Vik Muniz, e, na categoria Melhor Filme Estrangeiro, Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro. No caso dos três últimos, os finalistas ainda não foram divulgados.

Uma coprodução feita entre Brasil e Vietnã e premiada em festivais internacionais, O Caminhão do Meu Pai foi produzido por uma equipe técnica brasileira e tem elenco vietnamita. Filmado em Hanói, ele conta a história de uma menina que passa um dia inteiro acompanhando o pai, que é caminhoneiro. Na sinopse oficial do filme, aos poucos, ela percebe que certo e errado são conceitos amplos. O filme foi exibido em diversos festivais internacionais, inclusive no Festival Internacional de Cinema de Berlim, no ano passado.

Na categoria documentário, duas produções brasileiras disputam uma indicação para o prêmio concedido pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos. Os documentários em longa-metragem Elena, de Petra Costa, e This Is Not a Ball, do artista plástico Vik Muniz, podem concorrer ao prêmio. Elena, premiado em festivais nacionais e internacionais, conta a história da irmã mais velha de Petra, que viajou para os Estados Unidos para tentar a sorte como atriz. Duas décadas mais tarde, Petra também se torna atriz e embarca para Nova York em busca de Elena. Tem apenas pistas: filmes caseiros, recortes de jornal, diários e cartas.

This Is Not a Ball é dirigido por Muniz, ao lado de Juan Rendon, foi produzido para a rede de TV por internet Netflix e mostra como diferentes povos de nove países encaram o futebol. O documentário também acompanha a concepção de uma das mais recentes obras do artista, apresentada no México, que foi feito com 20 mil bolas de futebol. Por enquanto, os dois documentários concorrem com outras 132 produções. A lista de filmes que disputarão o prêmio de Melhor Documentário deve ser reduzida para 15 em dezembro.

O longa-metragem de ficção Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro, disputa com produções de 83 países uma das cinco vagas na categoria Melhor Filme Estrangeiro. O filme, que venceu prêmios em diversos festivais internacionais de cinema, mostra a história de um adolescente cego que se apaixona por um colega de escola.

No dia 15 de janeiro, os finalistas de todas as 23 categorias serão divulgados. A premiação será no dia 22 de fevereiro, durante a 87ª edição da Oscar.

Por Agência Brasil

 

22/11
às 05:13
Secom

O povo na rua debatendo a Consciência Negra. Esse fato foi destacado na manhã desta sexta-feira, 21, pelo ator do filme “Ó Pai ó”, Jorge Washington. Ele proferiu palestra sobre “Os negros, a arte e a cultura” no estacionamento da Prefeitura, em evento que comemora o Novembro Negro no município.

A conversa abordou a atuação dos artistas negros na televisão, a atuação do Bando de Teatro do Olodum – que o ator faz parte – e a atuação dele no movimento negro da Bahia, além de seu trabalho social com crianças e adolescentes de bairros periféricos de Salvador.

“Estou muito feliz em chegar aqui e conhecer mais a cultura de Feira de Santana. É muito importante o evento estar acontecendo na rua. Estamos com a oportunidade de debater o negro com a participação de todos. Mesmo que parem apenas dois minutos, mas vai escutar algo que vai acrescentar nesta mobilização”, destacou Jorge Washington.

Durante o debate, o ator falou sobre o papel da mídia na construção da imagem do negro perante a sociedade. “Muitas vezes a mídia é muito cruel. Precisamos nos impor como negro, assumir a identidade. Eu mesmo não faço papeis ridicularizando o negro. As pessoas se espelham no que veem na televisão, por isso escolho muito bem cada papel que iriei interpretar”.

Jorge Washington foi colega do ator global Lazaro Ramos já no seu inicio de carreira no grupo de teatro e lembrou como foi sua chegada. “O lazaro chegou com 14 anos, nem poderia participar das audições, por não ter 15 ainda. Ele foi escapando, e percebemos que ele deveria ficar. Hoje o Lazaro representa bem o negro na TV. Ele também não aceita qualquer papel, segurando a bandeira do movimento negro”.

Aproveitando o momento, a presidente do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento de Comunidades Negras e Indígenas (Condecni), Lourdes Santana, pediu que o trabalho social do ator seja encaminhado para o município. “O Jorge tem um excelente trabalho social na capital. Seria interessante que esse projeto de oficina teatral seja destinado para crianças de nossa cidade”.

O convidado é o único ator que participou de todas as montagens do grupo teatral, num total de 31, entre elas: “Essa é a Nossa Praia”, “Ó pai ó” (teatro, filme e série), “Cabaré da RRRaça” e “Áfricas”, além de ser um dos grandes defensores dos papeis que os negros representam nas produções artísticas do país.

 
Por Secom