Humildes Notícias - O site de notícias de Humildes - Bahia

HOME         POLÍTICA          ESPORTE         POLÍCIA         TRÂNSITO         RELIGIÃO         CULTURA E LAZER         EDUCAÇÃO         EMPREGO


17/09
às 00:08
A antecipada viagem de avião entre Salvador e Feira de Santana poderá sair mais caro do que o esperado. Uma simulação realizada pelo Correio24horas às 14h desta terça-feira (16) no site da Azul Linhas Aéreas, que opera os voos entre as duas cidades, demonstrou que uma viagem entre os dias 7 e 14 de outubro poderá sair por até R$ 1.671,07 na tarifa flex. Já na tarifa promocional, para a mesma data, o custo da viagem fica um pouco mais barato: a ida e volta entre Salvador e Feira de Santana custaria R$ 1.551,07 com as taxas de embarque incluídas.
Por Correio

 

17/09
às 00:00
O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella, disse que a Polícia Militar agiu corretamente durante a reintegração de posse no Centro de São Paulo nesta terça-feira (16). Em entrevista concedida nesta noite no Sindicato de Segurança das Empresas Privadas, na Casa Verde, Zona Norte da cidade, Grella afirmou que a PM reagiu a “uma reação violenta por parte dos sem-teto”. “Não houve exagero”, disse o secretário. A reintegração no prédio do Hotel Aquarius terminou com um tumulto que se espalhou por diversas ruas da região central. Foram vários os atos de vandalismo, como tentativas de saques, o incêndio de um ônibus e a destruição de orelhões. Segundo a Prefeitura, 30 linhas de coletivos tiveram seu funcionamento prejudicado. Os confrontos se estenderam desde por volta das 9h até 14h. Depois de algum tempo de calmaria, os protestos recomeçaram depois das 16h e foram novamente controlados no começo da noite. De acordo com Grella, “as agressões começaram por parte dos moradores, que atiraram objetos nos policias”. O secretário negou que havia menos caminhões do que o combinado para realizar as mudanças dos ocupantes do edifício. A quantidade de veículos que iriam fazer o transporte foi um dos motivos alegados pelos sem-teto para se negarem a deixar o local. “A informação que nós temos é que havia os 40 caminhões, como foi combinado. Só que eles não estavam todos estacionados, pois não havia espaço físico. Eles iriam estacionar na medida que os caminhões fossem recebendo as mudanças”, contou Grella. O secretário afirmou ainda que “toda a atuação policial foi acompanhada por defensores públicos, pelo próprio ouvidor e o coronel Glauco esteve à frente da ação”. Questionado se a PM permanecerá nas imediações do prédio durante a noite, Grella disse que a corporação estará atuando na região. “A PM vai cumprir o seu papel. Tudo para garantir a ordem.” Suspeita de black blocs O coronel Glauco Silva de Carvalho, comandante do policiamento da capital, disse ao G1 que a inteligência da Polícia Militar identificou pessoas ligadas à tática black bloc por trás dos atos de vandalismo ocorridos durante esta terça-feira na região central de São Paulo. "O serviço de inteligência identificou pessoas ligadas aos black blocs, que se aproveitaram do momento para praticar atos de vandalismo. E o que precisa ficar claro, bastante patente para sociedade, é que atos de vandalismo constituem crime. Se cometerem crime, vão ser reprimidos. A informação preliminar que nós temos, nesse momento, é que são apenas black blocs." "Nós vamos manter o policiamento até termos certeza de que não haverá uma nova concentração de manifestantes. O horário é indefinido. Estamos com efetivos de polícia militar de outros 31 batalhões em condições de pronto emprego,com viaturas e equipamentos anti-distúrbio já preparados." De acordo com ele, a polícia nunca perdeu o controle dos protestos. Segundo o coronel, cinco policiais ficaram feridos durante as operações desta terça. Nove pessoas foram presas por furto e prática de arrastão em lojas, outras duas por lesão corporal e uma por ter colocado fogo em um ônibus. O balanço parcial da PM, divulgado às 13h30, aponta que cinco pessoas foram presas suspeitas de arrombamento de uma loja, outras duas por lesão corporal e uma mulher por atear fogo ao ônibus. Além dos oito suspeitos presos, cerca de 80 foram levadas para o 3º Distrito Policial de São Paulo para averiguação. Na operação, quatro policiais militares ficaram feridos, segundo a PM. Um deles fraturou o pé, outro teve queimaduras de segundo grau e dois agentes ferimentos nas pernas por fogos de artifício. Eles foram socorridos ao pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia. O hospital também confirmou o atendimento de um homem, que já teve alta, e uma mulher com fratura na perna. Ela passou por exames e seguia internada até as 12h30. Tentativas de reintegração Esta foi a terceira vez em que a retirada dos ocupantes foi marcada. Nas outras duas datas - em julho e em agosto-, os oficiais de Justiça avaliaram que a quantidade de caminhões disponíveis não era suficiente. A Secretaria da Segurança Pública (SSP) informou, em nota, que a juíza Maria Fernanda Belli, da 25ª Vara Cível do Foro Central, determinou a reintegração de posse do edifício nesta terça-feira após pedido de seu proprietário, a Aquarius Hotel Limitada. Foram feitas reuniões entre a PM, advogados da empresa proprietária e moradores, para acertar como seria a saída, diz a pasta. O balanço parcial da PM, divulgado às 13h30, aponta que cinco pessoas foram presas suspeitas de arrombamento de uma loja, outras duas por lesão corporal e uma mulher por atear fogo ao ônibus. Além dos oito suspeitos presos, cerca de 80 foram levadas para o 3º Distrito Policial de São Paulo para averiguação. Na operação, quatro policiais militares ficaram feridos, segundo a PM. Um deles fraturou o pé, outro teve queimaduras de segundo grau e dois agentes ferimentos nas pernas por fogos de artifício. Eles foram socorridos ao pronto-socorro da Santa Casa de Misericórdia. O hospital também confirmou o atendimento de um homem, que já teve alta, e uma mulher com fratura na perna. Ela passou por exames e seguia internada até as 12h30. Tentativas de reintegração Esta foi a terceira vez em que a retirada dos ocupantes foi marcada. Nas outras duas datas - em julho e em agosto-, os oficiais de Justiça avaliaram que a quantidade de caminhões disponíveis não era suficiente. O tenente-coronel da PM Mauro Lopes disse ao G1 que, entre 2h e 6h desta terça-feira, os policiais militares negociaram uma saída pacífica do prédio, mas foram surpreendidos pela resistência dos ocupantes no início da manhã. Lopes afirmou ainda que estavam reservados 40 caminhões para o transporte dos móveis e objetos dos ocupantes por causa da reintegração. Para o movimento Frente de Luta por Moradia (FLM), a decisão do judiciário vai devolver o prédio "à especulação imobiliária, sem levar em conta o problema social. "Aproximadamente 800 pessoas, crianças e idosos serão jogados na rua, sem uma solução definitiva", disse o FLM em comunicado. Ainda segundo o movimento, cerca de 200 famílias ocupam o imóvel há seis meses. A Secretaria Municipal de Habitação (Sehab) afirma que realizou um estudo de viabilidade para transformar o hotel em moradia popular, mas foi verificado que o projeto não seria viável pelo custo. Segundo a administração, o valor gasto para revitalizar o prédio com cerca de 100 apartamentos, seria possível construir entre dois e três conjuntos habitacionais. A Prefeitura disponibilizou vagas no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Sé, na Avenida Tiradentes, para as famílias que se interessarem por acolhimento.
Por G1

 

16/09
às 23:57
Pesquisa Ibope contratada pelo Estadão e pela Rede Globo traz queda na intenção de voto na presidente Dilma Rousseff (PT) e uma diminuição da distância entre a candidata do PSB, Marina Silva, e o candidato do PSDB, Aécio Neves, no primeiro turno. Os dados mostram que Dilma caiu de 39% para 36%, enquanto Marina oscilou de 31% para 30% e Aécio subiu de 15% para 19%. O pastor Everaldo Pereira (PSC) manteve 1% das intenções de voto na comparação com a pesquisa anterior, realizada entre 5 e 8 de setembro. A soma dos outros candidatos também se manteve em 1%. Brancos e nulos oscilaram de 8% para 7% e indecisos, de 5% para 6%. Espontânea Na pesquisa espontânea, em que não são apresentados nomes aos eleitores, Dilma apareceu com 31% das intenções de voto, seguida de Marina, com 24%, e Aécio, com 15%. Outros nomes somam 1%. Brancos e nulos são 10%, e 18% não sabem ou não responderam. No levantamento anterior, Dilma era preferida por 35%, Marina, por 23% e Aécio, por 12%. Brancos e nulos eram 11%, e 19% não souberam ou não responderam à questão. A pesquisa Ibope entrevistou 3.010 eleitores entre 13 e 15 de setembro em 204 municípios de todo o País. A margem de erro máxima é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos, em um nível de confiança estimado de 95%. Ou seja, se fossem feitas 100 pesquisas idênticas a esta, 95 deveriam apresentar resultados dentro da margem de erro. A pesquisa foi registrada na Justiça eleitoral com o número BR-00657/2014.
Por Estadão Conteúdo

 

16/09
às 23:52
A partida do Esporte Clube Bahia contra o Figueirense, realizada no domingo (14), no estádio Joia da Princesa, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, a segunda do clube baiano em Feira de Santana, foi marcada mais uma vez por polêmica. Integrantes da torcida organizada Bamor invadiram uma área reservada aos torcedores do time catarinense para tirar uma faixa da equipe visitante, que estava fixada nos alambrados do estádio, o que deu início a uma confusão nas arquibancadas do Joia, porém, controlada rapidamente com a intervenção da polícia, que conseguiu deter alguns desordeiros. De acordo com o diretor de esportes do município, Emerson Brito, toda a confusão foi criada pelos tricolores. “Os responsáveis são os próprios torcedores da torcida Bamor, que vieram com intuito de bagunçar o ambiente. Mas nem o time nem o estádio tem culpa”, relatou. Emerson Brito disse ainda que é totalmente descartada a possibilidade de ter uma penalidade, tanto para o Bahia quanto para o Joia da Princesa. “Estamos com todos os laudos totalmente aprovados, sem nenhuma restrição: o laudo de engenharia, Vigilância Sanitária, dos Bombeiros, o laudo da PM e da Defesa Civil. Nós obedecemos rigorosamente o Estatuto do Torcedor”, frisou. Ele informou que a CBF solicitou, através da Federação Baiana de Futebol, câmeras com circuito interno e externo. “Houve a prevenção já que temos um alambrado que separa a torcida, e a polícia fez o cordão de isolamento. Houve também a identificação dos torcedores. A comprovação da identificação e detenção do infrator, com apresentação à autoridade policial competente e registro do Boletim de Ocorrência exime a entidade de responsabilidade, ou seja, é zero a punição tanto para o Bahia como para o estádio”, afirmou. O diretor de esporte encaminhou o Boletim de Ocorrência (BO) para o Bahia e para a Federação Baiana. O Bahia jogou no Joia da Princesa para cumprir uma punição imposta pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por conta da superlotação na derrota por 2 a 0 para o Santos, no mesmo estádio, no dia 28 de maio, pela 8ª rodada do Brasileirão.
Por Acorda Cidade

 

16/09
às 23:48
O diretor de comunicação do Sindicato dos Bancários de Feira de Santana, Edmilson Cerqueira, informou que os bancários podem entrar em greve por tempo indeterminado a partir da próxima semana. Segundo ele, a categoria está aguardando a última proposta dos banqueiros, que deverá ser apresentada na próxima sexta-feira (19). “Estamos aguardando a proposta, após oito rodadas de negociações, e se não tiverem nenhuma proposta que a gente possa apresentar para a categoria para apreciação, com certeza a orientação é de publicação de edital e comunicação à população que os bancários infelizmente vão parar por falta de proposta ou de percentual oferecido pelos patrões na data base da categoria”, declarou Edmilson. Os bancários pedem reajuste salarial de 12,5%, dentre outros itens. Paralisação na agência do Shopping Os bancários da agência do Banco do Brasil, do Boulevard Shopping, paralisaram as atividades na manhã desta terça-feira (16), por conta de um forte mau cheiro. Eles suspeitam que há algum animal morto no ar-condicionado e por falta de condições de trabalho suspenderam as atividades até que o problema seja resolvido. Edmilson Cerqueira informou, ao Acorda Cidade, que a gerência do banco e a superintendência do shopping não se pronunciaram sobre o problema. “Os vigilantes estão usando máscaras e os clientes que estão indo para o autoatendimento entram com a mão no nariz. O pessoal disse que volta a trabalhar quando o problema for resolvido”, declarou o diretor de comunicação do sindicato, informando também que a agência do Boulevard é uma das mais movimentadas da cidade. Informações do repórter Paulo José do programa Acorda Cidade.
Por Acorda Cidade

 

16/09
às 02:23
(Foto: AFP)

 O meia Anderson Talisca, do Benfica, falou da emoção que será entra em campo pela Liga dos Campeões. O ex-Bahia joga nesta terça-feira contra o Zenit no Estádio da Luz, em Lisboa, pela competição continental.

"É um momento muito importante na minha carreira. Era algo que sonhava e agora está se tornando realidade. Estou vivendo um sonho. É preciso continuar trabalhando com muita humildade, com confiança, mas sempre com os pés no chão”, afirmou Talisca.

O baiano acredita que o grupo do Benfica, o C, é muito forte. Além do Zenit, completam o grupo o Bayer Leverkusen e o Monaco. "Todas as equipas deste Grupo C são fortes, de grande qualidade. Vamos respeitar todos os adversários, fazer o nosso trabalho com seriedade e, com muita humildade e confiança, lutar pelos nossos objetivos", diz o jogador.

Talisca, que marcou três gols na goleada de 5 a 0 sobre o Vitória de Setúbal, foi elogiado pelo técnico do Chelsea, o português José Mourinho, recentemente - o treinador afirmou que o jogador só não está jogando na Inglaterra por não ter visto de trabalho. "Há muitas equipes grandes e importantes que queriam o Talisca, e muitos tentaram contratá-lo mesmo sabendo que ele não poderia jogar na Inglaterra", disse o técnico. 

O ex-tricolor disse no entanto que seu foco é o Benfica. "Só agradeço a oportunidade de poder estar aqui e ajudar a escrever história no clube. Este é o meu foco: quero ajudar o grupo a ganhar títulos”.

Por Correio

 

16/09
às 02:21

Patrícia Poeta deixará a bancada do Jornal Nacional, que divide com William Bonner há três anos, no dia 3 de novembro, o que de acordo com comunicado enviado pela Globo, nesta segunda-feira (15), a mudança já era prevista desde que a jornalista assumiu o posto. De acordo com informações do site Terra, agora, ela vai se dedicar a um projeto de entretenimento na emissora.

"Nesse período, Patrícia pôde demonstrar todo o seu talento e profissionalismo ao informar os brasileiros sobre os grandes acontecimentos do Brasil e do mundo, ressaltando-se, entre muitos, quatro grandes eventos: o conclave e a eleição do Papa Francisco, quando ancorou o Jornal Nacional direto de Roma em março de 2013, as manifestações de junho de 2013, quando ficou ao vivo por mais de quatro horas no ar ancorando a cobertura, a Copa do Mundo no Brasil, quando acompanhou a Seleção Brasileira por mais de 40 dias, e, agora, as eleições, quando, ao lado de William Bonner, se destacou nas entrevistas com os principais candidatos à presidência da República, com uma condução firme e segura", diz o comunicado assinado pelo diretor geral da TV Globo, Carlos Henrique Schroder, e pelo diretor de Jornalismo e Esporte, Ali Kamel.

Renata Vasconcelos, que apresenta desde o ano passado o Fantástico com Tadeu Schmidt, será a substituta de Patrícia Poeta. Já no comando do dominical ficará a jornalista Poliana Abritta.

Por De Olho na Cidade

 

16/09
às 02:19

Dois medicamentos produzidos pelo laboratório Teuto tiveram a distribuição e comercialização suspensas pela Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) após vistoria realizada nesta segunda-feira (15). Foram encontradas irregularidades nos remédios Norfloxacino 400 mg (indicado para o tratamento infecções urinárias) e Cloridrato de Amitriptilina 25 mg (usado no tratamento de depressão).

De acordo com a reguladora, a vistoria foi feita após uma série de reclamações recebidas pelo SAC da empresa. Ainda segundo a Anvisa, na embalagem do lote 2946049 do Norfloxacino 400 mg havia blísteres de Cloridrato de Paroxetina 20 mg, outro medicamento, que é antidepressivo.

Já lote 2444510 do medicamento Cloridrato de Amitriptilina 25 mg, apresentou bolhas de ar entre os comprimidos, o que pode comprometer a preservação do remédio e sua eficácia.

A empresa ainda não se pronunciou e os medicamentos destes lotes foram retirados das prateleiras. 

Por Correio

 

16/09
às 02:13

Pesquisa Vox Populi, encomendada pela Rede Record, mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) na liderança com 36% das intenções de voto para presidente da República. A candidata pelo PSB, Marina Silva, aparece com 27% das intenções e Aécio Neves (PSDB) com 15%. Na última pesquisa Vox Populi, Marina tinha 28% das intenções de voto. Os outros dois candidatos mantiveram as mesmas porcentagens.

Brancos e nulos somam 8% e 12% não souberam indicar um candidato ou não quiseram responder. Os candidatos Luciana Genro (PSOL) e Pastor Everaldo (PSC) tiveram 1% das intenções de voto cada um. Eduardo Jorge (PV), Levy Fidelix (PRTB), Zé Maria (PSTU), Eymael (PSDC), Mauro Iasi (PCB) e Rui Costa Pimenta (PCO) tiveram menos de 1% das intenções.

O Vox Populi fez duas simulações de segundo turno. Em uma disputa entre a candidata Marina Silva e Dilma Rousseff, Marina teria 42% das intenções e Dilma, 41%, o que configura um empate técnico, devido à margem de erro do levantamento. Brancos e nulos somariam 11% e 6% seriam os indecisos.

Em uma disputa entre Dilma e Áecio, a candidata do PT venceria com 47% das intenções contra 36% do candidato tucano. Os votos brancos ou nulos seriam 12% e os indecisos, 5%.

O Vox Populi também divulgou avaliação do governo. Os que avaliaram o governo como ótimo ou bom somaram 38%. Aqueles que avaliaram como regular somaram 39% e aqueles que avaliaram como ruim ou péssimo foram 23%. Os que não souberam ou não responderam totalizam 1%.

Foram feitas 2 mil entrevistas em 147 cidades. O levantamento foi feito no sábado (13) e domingo (14). A margem de erro é 2,2 pontos percentuais e o número de registro na Justiça Eleitoral é BR-00632/2014.

 

Por Agência Brasil

 

16/09
às 02:01
Divulgação

O vereador Sérgio Nogueira (PSB), de Dourados (MS), causou polêmica com um discurso feito na Câmara local nesta segunda-feira (15). Ele propôs que os homossexuais fossem colocados todos em uma ilha isolada do resto da sociedade por 50 anos, segundo o Yahoo.

"Não podemos passar a ideia de que o anormal é normal. Bota (sic) as pessoas que pensam assim numa ilha por 50 anos. Coloca essas pessoas numa ilha e depois de 50 anos volta para ver; não vai ter mais ninguém”, afirmou ele em seu discurso.

Logo depois, Nogueira negou ser homofóbico. Ele começou sua fala por conta de um convite para que fosse assistir a uma palestra contra homofobia na Secretaria Municipal de Assistência Social - ele é presidente da Comissão de Assistência Social na Câmara.

O vereador divulgou nota sobre o caso e afirmou ser vítima de uma campanha com intuito de enfraquecê-lo politicamente.

"O contexto da discussão era sobre o ensino da orientação homossexual nas escolas, de forma sistemática, conduzida pelo Estado, direcionado ao público infantil. O vereador compreende e respeita os direitos civis da comunidade Homoafetiva. No entanto, defende que a discussão acerca da campanha didática, que foi o tema do discurso do vereador no plenário, por ser endereçada ao público infantil, não pertence apenas ao Estado, de forma unilateral, antes, deve ser debatido com as famílias, com os diretores e professores das escolas e com as lideranças religiosas que manifestam posicionamento quanto ao assunto."

Ele diz ainda que o Estado "deve respeitar a sociedade, sobretudo o segmento religioso cristão, no sentido de que não deve existir o estímulo ao comportamento homossexual ao público infantil. A acusação de “homofobia” não pode se constituir em um argumento neutralizador da compreensão das comunidades religiosas, no sentido de permitir ao Estado o estímulo à opção de ordem homossexual. As escolas devem ser espaços neutros no tocante à sexualidade, sobretudo, quando o público é infantil. Esta é a preocupação dos segmentos religiosos que têm cobrado a atenção do vereador na cidade de Dourados.

Finaliza dizendo que “todos devemos ser contrários à homofobia”, ou seja, à discriminação de pessoas por causa da orientação homossexual. Mas o Estado deve respeitar também a compreensão de fé das comunidades religiosas, de forma a não induzir este comportamento ao público infantil".

Por Correio