Humildes Notícias - O site de notícias de Humildes - Bahia

HOME         POLÍTICA          ESPORTE         POLÍCIA         TRÂNSITO         RELIGIÃO         CULTURA E LAZER         EDUCAÇÃO         EMPREGO


05/06
às 08:19
- Três vagas para manicure com experiência
 
Ligar para (75) 3625-4212
 
- Duas vagas para operador de máquina fundo reto/matadora para fabricação de sacos de papel
 
Ligar para (75) 3614-4366 ou enviar currículo para o e-mail dmembalagens@gd.com.br
 
- Uma vaga para depiladora, uma vaga para escovista e uma vaga para manicure
 
Ligar para (75) 98332-4011
 
- Uma vaga para auxiliar de limpeza para trabalhar em hotel
 
Rua Comandante Almiro 690/Centro.
 
 
 
Por G1 Bahia

 

05/06
às 08:14
 
O Campeonato Brasileiro está apenas na 4ª rodada, mas já começa a tirar o sono do torcedor do Vitória. No sábado (3), o rubro-negro perdeu de 2x1 para o Fluminense e chegou à terceira derrota consecutiva na competição – antes, perdeu para Corinthians e Coritiba, ambos por 1x0. O único ponto conquistado pelo rubro-negro foi na estreia, quando empatou em 0x0 com o Avaí, fora de casa. Até agora, o Leão sofreu quatro gols e marcou um.
 
Na época, o Leão não fez uma boa campanha. Conquistou 22 pontos em 24 partidas, com sete triunfos, oito empates e nove derrotas. Terminou o ano como 19º, à frente apenas de Criciúma, União São João, Cruzeiro, Remo e Náutico. Até 1994, os triunfos contabilizavam apenas dois pontos, diferente do regulamento atual, que garante os famosos três pontos à equipe vencedora.
 
Há 23 anos, a troca de treinador era um pedido de parte da torcida rubro-negra. Criticado na época pela campanha ruim na Série A, o uruguaio Sergio  Ramirez não resistiu à pressão e foi demitido após as três primeiras rodadas. No quarto jogo do torneio nacional, o time foi treinado por Fito Neves, que comandou o Vitória na sua melhor campanha em Brasileiros, em 1993, quando o Leão ficou na segunda posição.
 
O Leão tem mais uma chance de espantar a má fase e não repetir o filme de 1994. Na quinta-feira (8), o time do novo técnico Alexandre Gallo encara o São Paulo, às 19h30, no Morumbi. Coincidência ou não, naquele ano, o quinto jogo do Leão foi justamente contra o tricolor paulista, também fora de casa. O jogo terminou empatado em 2x2.
 
 
 
Por Correio

 

04/06
às 14:20

Um grande público compareceu ao Espaço Juca Eventos em Humildes para prestigiar o Humildes Festival Music, na noite de sábado (03).

O Evento contou com a participação do cantor feirense Paulo Bindá ,  Roberto Kuelho e convidados.

Além do Prefeito José Ronaldo e vereador Fabiano da Van.

Foi uma noite espetacular com grandes talentos no palco.

O ganhador do Festival foi o Diego Alisson e Banda, em segundo lugar Afronejo e terceiro lugar Thailza e Maiza.

A organização do Humildes Festival foi de Nailton Santana e equipe.

 

Por Humildes Notícias / Ana Paula Silva

 

03/06
às 03:56

Face ao Dia dos Namorados, quando tradicionalmente as lojas localizadas no centro de Feira de Santana registra aquecimento nas vendas, bem a aproximação do período junino, o comércio desta área foi autorizado a funcionar em horário especial a partir de segunda-feira, 5, até o dia 23.

 A solicitação para o horário excepcional foi conjunta do Sindicato do Comércio de Feira de Santana e do Sindicato dos Empregados no Comércio. A lojas estão autorizadas a abrir das 8h às19h.

 No sábado, 10, das 8h até as 16h e no domingo, das 9h até as 15h. De 12 a 14, das 8h até as 19h. No dia 15, feriando nacional de Corpo de Cristo, as lojas atenderão aos seus clientes das 12h até as 17h.

Exceto o dia 23, quando as loja fecharão às 16h, o comércio vai abrir nos horários acima mencionados – nos respectivos dias.

O disposto no artigo anterior não impede o pagamento de horas extraordinárias, assim como de qualquer outro adicional devido, ou benefício, consoante a legislação trabalhista ou acordo coletivo de trabalho.

Por Secom

 

03/06
às 03:51

Um casal suspeito de praticar estelionato em Feira de Santana foi preso por policiais civis de Feira de Santana. Segundo a polícia, Mônica Franco Pereira da Silva, de 40 anos, e Fernando José Ismael Silva, 45, fingiam ser vendedores de imóveis e se apropriavam do dinheiro das vítimas.

A prisão do casal foi feita depois que várias vítimas prestaram queixa no Complexo de Delegacias do bairro Sobradinho.

Uma das vítimas, que não quis se identificar, disse ter entregue R$ 5.280 ao casal. “Estava morando na casa dos outros há um ano e sete meses. Arranjei um dinheiro para pagar a entrada do imóvel e Mônica fez isso comigo, justamente quem eu considerava uma amiga”, relatou a vítima.

Outra mulher que também prestou queixa contra o casal perdeu R$ 3.100.

Segundo a delegada Larissa Lage, os policiais localizaram Fernando e Mônica na casa deles, em um condomínio no bairro Aviário. O casal está detido à disposição da Justiça.

 

Por De olho na Cidade

 

03/06
às 03:47

O governo federal anunciou hoje (2) a decisão de liberar a vacina contra a gripe para toda a população do país, a partir de segunda-feira. De acordo com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, a medida só vale este ano e enquanto durarem os estoques.  

Anteriormente, apenas podiam se vacinar nos postos de saúde quem fazia parte do grupo de risco, como idosos, professores e gestantes. O ministro explicou que a retirada da restrição de vacinar somente o público-alvo ocorreu porque ainda há 10 milhões de doses disponíveis na rede pública de saúde. A campanha já tinha sido prorrogada até 9 de junho.

Na campanha deste ano, o governo espera atingir a meta de imunizar 54 milhões de pessoas, que representam 90% da população considerada de risco para complicações por gripe. Mas, até o momento, somente 76,7% do público-alvo foram vacinados. E nenhum grupo prioritário atingiu a meta de vacinação.

Anteriormente, apenas podiam se vacinar nos postos de saúde quem fazia parte do grupo de risco, como idosos, professores e gestantes. O ministro explicou que a retirada da restrição de vacinar somente o público-alvo ocorreu porque ainda há 10 milhões de doses disponíveis na rede pública de saúde. A campanha já tinha sido prorrogada até 9 de junho.

Os trabalhadores da saúde foi o grupo com maior cobertura, com 3,9 milhões de doses aplicadas, alcançando 84,5% da meta. A campanha nacional contra gripe foi prorrogada até 9 de junho para tentar alcançar melhores resultados. Entre os estados, apenas o do Amapá atingiu a meta.

De acordo com o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, 163  pessoas  morreram este ano no Brasil em decorrência da doença. Em todo ano de 2016, a gripe matou 1.982 pessoas no país. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, afirmou que este ano houve poucos casos por influenza devido à baixa circulação do vírus. “Em consequência disso, o público-alvo procurou menos os postos de saúde”, explicou.

No entanto, disse que ainda há 10 milhões de doses de um montante de 60 milhões adquiridas. “Para que não haja desperdício, já que estas vacinas só valem por um ano, decidimos estender a todas as faixas etárias, enquanto durarem os estoques”, destacou.

Até esta sexta-feira, 41,3 milhões de pessoas do público-alvo foram vacinadas contra a gripe no país. A imunização contra a gripe protege contra os três sorotipos do vírus da gripe H1N1 e H3N2 e Influenza B. A vacina é segura e apenas pessoas que têm alergia ao ovo devem procurar o médico para orientações.

 

 

 
Por Agência Brasil

 

03/06
às 03:44

O engenheiro Brian Acton, um dos fundadores do WhatsApp, foi pessoalmente ao Supremo Tribunal Federal (STF) na manhã de hoje (2) para defender a criptografia ponta-a-ponta, tecnologia utilizada pelo aplicativo para proteger as trocas de mensagens entre os usuários.

Segundo ele, a tecnologia é inviolável e não há meios existentes que permitam qualquer interceptação das comunicações, mesmo pela própria empresa.  “Todas as mensagens enviadas pelo WhatsApp são garantidas com um cadeado e uma chave. Só o emissor e o receptor é que têm as chaves necessárias para destrancar e ler as mensagens de WhatsApp, e ninguém mais. Ninguém acessa, nem o WhatsApp, nem o Facebook [dono do aplicativo], nem os hackers”, afirmou o engenheiro.

Nos últimos anos, quatro decisões judiciais provocaram a interrupção temporária do serviço do aplicativo no Brasil. Todas ocorreram após a empresa não fornecer à Justiça informações consideradas sensíveis para investigações de crimes ligados ao tráfico de drogas, ao crime organizado e à pornografia infantil. Há duas ações no STF sobre o tema, por isso a Corte realiza nesta sexta-feira (2) uma audiência pública para discutir a questão.

O fundador do aplicativo rechaçou a ideia de que seja criada alguma ferramenta para permitir a interceptação e extração de mensagens do WhatsApp, por ordem judicial ou não, argumentando que isso comprometeria a segurança das comunicações de todas as 120 milhões de pessoas que utilizam o serviço no Brasil.

“Na segurança digital, os dados ou são seguros de todo mundo ou seguros de ninguém. Uma ferramenta que nos permitisse ter acesso às mensagens das pessoas poderia se voltar contra nós mesmos”, disse Acton. “Nós acreditamos que a expressão ‘segura e privada’ é essencial para as pessoas e a sociedade.”

Já o procurador da República Vladimir Aras ressaltou durante a audiência os riscos de que aplicativos digitais sejam usados para a prática de crimes, o que exigiria uma atuação firme do Poder Público para impedir os ilícitos.

“Nós não podemos imaginar que criaríamos aqui no Brasil um paraíso digital em que criminosos desse tipo pudessem cometer ilícitos digitais que ameaçam direitos fundamentais tão importantes quanto o direito à privacidade”, disse o procurador.

A procuradora da República Fernanda Teixeira Souza Domingos, do núcleo de combate a crimes cibernéticos do Ministério Público Federal (MPF), colocou em dúvida se o WhatsApp de fato usa criptografia ponta-a-ponta, “pois não houve auditoria nos sistemas do WhatsApp, e talvez nem seja possível auditar, não sabemos”.

Segunda ela, os técnicos do MPF concluíram, a partir da análise de documentos fornecidos pelo próprio WhatsApp, que seria sim possível “grampear” a troca de mensagens, por meio de uma técnica chamada “man in the middle” [“homem do meio”]. A expresão se refere à inserção de algum "elemento" entre as duas "pontas" da conversa, que pudesse ter acesso aos conteúdos do que é comunciado.

Para o especialista Marcos Antônio Simplício, professor de ciência da computação na Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (USP), apesar de possível, a interceptação de mensagens do WhatsApp seria inócua, uma vez que seria facilmente identificada pelo usuário, inclusive com o uso de ferramentas específicas para a detecção do monitoramento. 

“Seria tranquilamente fácil para qualquer pessoa descobrir que isso estaria acontecendo, e cessaria de cometer qualquer ato ilícito ou migraria para algum outro aplicativo seguro”, disse o professor durante a audiência. “O único efeito seria o dano de concorrência.”

Os ministros Edson Fachin e Rosa Weber, do STF, são os relatores das duas ações na Corte que devem dar um entendimento definitivo ao tema polêmico. O debates continuam na próxima segunda (5).

Por Agência Brasil

 

02/06
às 10:07
 Eleitores de nove municípios da Bahia podem efetuar o recadastramento biométrico do Tribunal Regional Eleitoral ( TRE) com o conforto da hora marcada. O agendamento, que já estava disponível nas unidades do Comércio, Cajazeiras, Periperi e Shopping Barra, se estende aos postos de Ilhéus, Jacobina, Juazeiro, Barreiras, Feira I, Guanambi, Irecê e Porto Seguro.
 
Os cidadãos serão atendidos entre 7h e 15h30 nas unidades de Ilhéus, Jacobina e Juazeiro, e entre 07h e 13h em Barreiras, Feira I, Guanambi, Irecê e Porto Seguro.
 
Os agendamentos ficarão disponíveis através do site da Rede SAC (www.sac.ba.gov.br), do aplicativo para celulares SAC Mobile e dos totens SAC Fácil, localizados nas unidades, com quantidade de horários disponíveis variando de unidade para unidade.
 
O recadastramento poderá ser feito também nos cartórios eleitorais, cujo atendimento pode ser através de senhas ou agendado aqui.
 
A Biometria
 
 Pensando em tornar ainda mais seguro o processo de votação eletrônico, o recadastramento biométrico é obrigatório em 52 cidades baianas, e tem como prazo máximo o dia 31 de janeiro de 2018. Atualmente, 1.956.743 eleitores baianos já têm a digital cadastrada e poderão votar dentro desse sistema nas Eleições de 2018. Na capital, o número de eleitores biometrizados é de 260.905. O objetivo do TRE-BA é atingir cerca de 3 milhões de eleitores identificados biometricamente, em todo o Estado, até 2018.
 
Estão obrigados a fazer o recadastramento todos os eleitores, inclusive aqueles cujo voto é facultativo (analfabetos, eleitores com idade entre 16 e 18 anos e os maiores de 70 anos de idade). O cidadão que não fizer o recadastramento dentro do prazo estabelecido pela Justiça Eleitoral terá o título cancelado.
 
Para ser atendido, o eleitor deverá portar um documento oficial com foto, a exemplo de RG, CNH, carteira profissional, passaporte, carteira de reservista ou certificado de alistamento militar original, além de um comprovante de residência recente. Aqueles que tiveram os dados cadastrais alterados, por, entre outros motivos, casamento ou separação, devem levar um documento comprobatório de alteração das informações.
 
Quem for fazer a primeira via do título precisa ficar atendo: homens com idade entre 18 e 45 anos devem levar o comprovante de quitação militar; e nem CNH (Carteira Nacional de Habilitação) nem passaporte do modelo antigo são aceitos como documento de identificação para o alistamento eleitoral.
 
Vale lembrar aos eleitores que já fizeram o cadastramento biométrico que não precisam retornar aos postos de atendimento do TRE-BA para passar pelo procedimento novamente.
 
Para dúvidas, a Saeb disponibiliza o endereço www.sac.ba.gov.br, os números 0800 071 5353 (por telefone fixo) e 4020 5353 (por telefone móvel) e o aplicativo SAC Mobile.  
 
Por De Olho na Cidade

 

02/06
às 10:02
Uma operação policial conjunta apreendeu cerca de 50 quilos e cocaína em Feira de Santana nesta quinta-feira (1º). A ação envolveu agentes das Polícias Federal, Civil (DTE Feira) Militar (Cipe Litoral Norte e Rondesp Leste), da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública e da Polícia Rodoviária Federal.
 
Segundo a polícia, grande parte da droga foi encontrada dentro de um veículo proveniente da cidade de São Paulo. O entorpecente seria entregue no condomínio Parque Filipinas e depois seria levado para um laboratório onde seria misturado.
 
No laboratório foi encontrada outra quantidade de cocaína e material utilizado para "batismo" do entorpecente, além de 3 armas de fogo, uma prensa hidráulica, 2 veículos e balanças de precisão. Quatro traficantes foram presos e serão apresentados à Justiça.
 
Por De Olho na Cidade

 

01/06
às 03:47

Educadores e gestores públicos debateram a violência nas escolas em Feira de Santana na manhã desta quarta-feira (31). O evento aconteceu no auditório da Associação Comercial e foi promovido pela Academia de Educação de Feira de Santana.

“O objetivo é trazer ao conhecimento da sociedade a realidade das unidades escolares e as ações que estão sendo empreendidas pelos gestores para reduzir os indicadores. São situações provocadas por violência no entorno das escola, por gangues e por situações violentas nas próprias famílias. A droga também tem interferência no ambiente da escola”, explicou a presidente da Academia de Educação, professora Anaci Paim, explica o objetivo do seminário.

Anda segundo Anaci Paim, algumas escolas públicas em Feira já chegaram a suspender aulas durante a noite por suposto toque de recolher de traficantes. “A evasão tem sido muito grande por conta dessas situações de violência”, relatou a professora.

O major Lúcio José Fonseca, comandante da 64ª Companhia Independente da Polícia Militar, esteve no seminário e disse que a PM não foi comunicada sobre supostos episódios de toque de recolher em bairros e escolas da cidade. “Não temos registro desse tipo de ação. Entendemos que isso não existe. Não devemos cultuar esse tipo de sentimento porque só vai favorecer o terror”.

Ainda segundo o major Lúcio José, a PM está atuando nas unidades escolares com o programa Ronda nas Escolas. A ação, que conta com viaturas e equipes próprias, tem possibilitado a redução nos índices de criminalidade no entorno das escolas.

O Seminário sobre Violência na Escola teve a participação da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e da Secretaria Municipal de Educação.

 

Por De olho na Cidade

 


PAES, BISCOITOS, SALGADOS, CONFEITARIAS E MUITO MAIS, ENTREGA PARA EVENTOS E ANIVERSÁRIO. Av. Getúlio Vargas, 927 fone (75)2101-9920 Feira de Santana BA.