Humildes Notícias - O site de notícias de Humildes - Bahia

HOME         POLÍTICA          ESPORTE         POLÍCIA         TRÂNSITO         RELIGIÃO         CULTURA E LAZER         EDUCAÇÃO         EMPREGO


08/11
às 04:43

Juzete de Oliveira Santos foi presa por policiais milirares da 65ª CIPM no início da noite desta terça-feira (7), após uma operação no bairro Sítio Novo em Feira de Santana. 

Segundo informações da polícia, na casa da acusada foram encontrados aparelhos celulares, armas, munições, droga, uma balança de precisão e uma quantia de dinheiro não revelada. 

Ainda segundo a polícia, o marido de Juzete está preso no Conjunto Penal de Feira de Santana, de onde envia comandos para a esposa comandar o tráfico de drogas. 

Juzete foi encaminhada para Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes e atuada em flagrante.

 

 
Por De olho na cidade

 

08/11
às 04:35

Figurar na primeira página da tabela de classificação e poder mudar o foco na reta final do campeonato. Duas coisas proporcionadas ao Bahia após o triunfo por 2x0 sobre a Ponte Preta, que deixou a equipe na 10ª colocação, com 42 pontos, mais perto de uma vaga na Libertadores do que da zona de rebaixamento. 

Hoje, o grupo dos sete primeiros, apelidado de G7, se garante na maior competição sul-americana em 2018 e a distância do tricolor para o Flamengo, sétimo colocado com 47 pontos, é de apenas cinco pontos. Para o Z4, encabeçado pelo Vitória, são sete pontos de diferença. 

Por isso, até mesmo o técnico Paulo Cézar Carpegiani já deu a ordem para o time a partir de agora olhar para frente. “A entrega dos jogadores tem sido importante, conseguimos resultados. A partida que perdemos, tivemos um segundo tempo bom. Sem tirar o mérito do Flamengo, mas alguns erros foram fatais. O resultado não condiz com o que foi o jogo (4x1). Detalhes decidem uma partida, uma recomposição rápida. Esse tipo de aprendizagem nos dá a possibilidade de olhar e ter confiança, convicção do que podemos produzir. A tendência é melhorar. Podemos dar uma olhada para frente”.

O atacante Mendoza partilha do mesmo pensamento e é ainda mais ousado ao falar das metas do time para a reta final da temporada. “Nosso pensamento sempre foi esse, vaga para a Copa Libertadores ou Sul-Americana. Agora, mais do que nunca, a gente acredita. A gente tem que esperar, continuar trabalhando forte, porque o objetivo tem que ser cumprido no dia a dia”. 

Segundo os matemáticos da  Universidade Federal de Minas Gerais, o Bahia tem apenas 1,4% de chance de queda, 70,6% de ir para a Sul-Americana e 5,6% de chance para se classificar à Libertadores. Vale lembrar que esse percentual pode variar e o G7 pode se tornar até mesmo G9. Para isso acontecer, o Flamengo teria que vencer a Sul-Americana (está na semifinal) e o Grêmio bater o Lanús na final da Libertadores. No momento, o Bahia está um ponto atrás do São Paulo, nono colocado.

Desde 2006, quando a Série A passou a ser disputada por 20 clubes e no formato dos pontos corridos, a menor pontuação de um sétimo colocado foi em 2008, quando o Botafogo somou 53 pontos. O “pior oitavo” em 2008, 2012 e 2016 também teve 53 e, em 2013, o São Paulo alcançou a nona posição com apenas 50 pontos. 

A média do sétimo, oitavo e nono colocados dentro deste período é maior. Considerando os últimos 11 campeonatos, o sétimo teve uma média de 56,9 pontos, o oitavo de 54,81 e o nono de 53,45. Como o Bahia tem 42 e ainda disputará 18, precisará de pelo menos 11 ou 12 pontos para ter chance de ir à Libertadores com 53 ou 54 pontos, caso o G7 de fato vire G9. Vale sonhar.

Por Correio

 

08/11
às 04:31

O atacante Santiago Tréllez, do Vitória, foi denunciado pela Procuradoria de Justiça Desportiva ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por conta da suposta injúria racial contra o volante Renê Júnior, do Bahia, no final do Ba-Vi do último dia 22 de outubro. O jogador tricolor alegou ter sido chamado de ‘macaco’ pelo rival. Em vídeo publicado posteriormente pelo Leão, Tréllez negou a injúria racial.

O colombiano foi enquadrado no artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD) e pode pegar de 5 a 10 jogos de suspensão, caso seja condenado, além de multa que varia entre R$ 100 a R$ 100 mil. O julgamento acontece na sexta (10), pela Quarta Comissão Disciplinar do STJD. 

A Procuradoria se baseou na súmula do árbitro Marcelo de Lima Henrique, que citava o episódio, ainda que o próprio árbitro não o tivesse presenciado. De acordo com a denúncia, “as atitudes do atleta denunciado que levaram à revolta do ofendido não se limitam a meros xingamentos, tendo por certo extrapolado os limites do que se espera seja razoavelmente aceito como uma simples ofensa. Pelo contrário, diante da reação pode-se ter plena convicção de que houve sim ato discriminatório ou, admitindo-se em hipótese por amor ao debate, mesmo ato ultrajante”. 

Em entrevista após o ocorrido, ainda na Fonte Nova, onde aconteceu o clássico, Renê Júnior informou que não registraria Boletim de Ocorrência contra Tréllez. 

Por Correio

 

08/11
às 04:28

Uma despedida emocionante. Foi assim que familiares e amigos definiram o sepultamento do jogador de basquete amador Edinei Moreira Bahia, 30 anos, ocorrido na tarde desta terça-feira (7). Algumas pessoas passaram mal e precisaram ser atendidas por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O jogador morreu depois de ser baleado no peito, na madrugada de domingo (5), no Largo de Santana, bairro do Rio Vermelho, em Salvador. 

Durante o cortejo antes do sepultamento, a viúva Janecleide Santos, 27 anos, desabafou e pediu para que o caso não fique impune. "Ele matou meu marido por causa de uma cerveja. Que tipo de monstro é esse? Quero justiça", declarou.

Eram 16h10 quando o corpo deixou a capela 2 do cemitério Quinta dos Lázaros, na Baixa de Quintas. A família tinha planejado, inicialmente, realizar o sepultamento no Rio de Janeiro, onde Edinei morava e a mesma cidade em que o corpo do pai dele está enterrado, mas mudou de ideia. 

Segundo a família de Edinei, o autor do crime é um policial militar que está há menos de 1 ano na corporação. Apesar do pouco tempo no cargo, ele já responderia a um processo por agressão a um vizinho, no qual teria dado uma coronhada.

O jogador foi baleado depois de uma confusão por causa de um balde de cerveja, em uma boate, bem ao lado do Largo de Santana. Os amigos que estavam com a vítima disseram que o atirador estava bêbado e armado.

A mãe de Edinei, Vanda Moreira, 50, precisou ser amparada durante toda a cerimônia. Ela deu as mãos à nora, Janecleide, e as duas caminharam juntas até a quadra onde o corpo foi sepultado. Na despedida ao filho, diante da gaveta onde o caixão foi deixado, ela desmaiou e foi atendida por equipes do Samu. Emocionada, a mulher pediu por justiça. 

"Esse policial tem que ser preso. Quero saber cadê os deputados, porque se fosse um filho deles, o que eles fariam? Hoje foi meu filho, amanhã pode ser o deles. Eu quero que tenha justiça, é só isso que eu quero: justiça para meu filho", disse.

Por Correio

 

08/11
às 04:25

O plenário da Câmara aprovou na noite de hoje (7) projeto de lei que acaba com o chamado atenuante de pena no Código Penal para menores de 21 anos. Também fica extinta, pelo projeto, a redução pela metade dos prazos de prescrição nos casos em que o autor tinha menos de 21 anos quando cometeu o crime. A matéria agora vai a votação no Senado.

De acordo com o projeto aprovado, foram mantidos no Código Penal Brasileiro os chamados atenuantes e o prazo menor de prescrição de penas para maiores de 70 anos. Os deputados aprovaram no texto também dispositivo para permitir a maior de 16 anos e menor de 18 anos a apresentação de queixa sem a necessidade de serem acompanhados por um adulto.

O texto aprovado é uma emenda substitutiva do deputado Subtenente Gonzaga (PDT-MG) ao Projeto de Lei 2862/04, de autoria do ex-deputado Rubinelli. A emenda apresentada pelo relator utiliza dispositivos do PL 1383/15, do deputado Capitão Augusto (PR-SP), que tramita em conjunto com o PL 2862/04.

Na justificativa do projeto apresentado em 2004, o ex-deputado Rubinelli argumentou que era preciso acabar com certos privilégios existentes no Código Penal. “A presente proposição tem por escopo revogar o art. 115 do Código Penal, acabando com os privilégios ali previstos. Desse modo, esperamos contar com o apoio de nossos ilustres Pares, com vistas à aprovação dessa propositura, que se reveste de inegável alcance social”, justificou.

Por Agência Brasil

 

07/11
às 04:24

Sem querer, uma estudante de Erechim, no Norte do Rio Grande do Sul, acabou "adivinhando" o tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no primeiro dia do exame, domingo (5). Lívia Gomes, de 17 anos, escolheu uma camiseta em que se lê "Eu curto Libras" para fazer a prova, cuja redação teve como tema "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil".

GABARITO EXTRAOFICIAL E RESOLUÇÃO COMENTADA

Libras é a língua brasileira dos sinais, sistema linguístico baseado em gestos utilizado para a comunicação com pessoas com deficiência auditiva.

Ao sair do local onde fez o exame, enquanto esperava pela mãe, Lívia postou uma foto em seu perfil do Twitter, exibindo a camiseta e a prova, ao lado de um print de uma conversa em que mostrou o look a uma amiga, demonstrando que ela de fato saiu de casa com a peça.

"Fazia tempo que eu não usava aquela camiseta, tenho duas, uma branca e outra preta e no dia só pensei que iria com uma das duas, não passou pela minha cabeça usar outra", contou ela em entrevista ao G1. "Eu fui ver a roupa que ia usar e nenhuma parecia tão confortável quanto a camiseta branca de libras", disse ela, aos risos. No Twitter, Lívia brincou com a situação.

A estudante, que ainda não concluiu o Ensino Médio, faz o Enem como preparação: ela quer conquistar uma vaga em um curso de Medicina.

Lívia sequer imaginava que o enunciado coincidiria com a mensagem de sua camiseta. "Eu esperava algo sobre homofobia", diz ela. "Quando abriram a prova, vi que uma menina que estava do meu lado olhou para mim e sorriu. Eu não tinha visto o tema da redação ainda. Então fui procurar e dei risada quando vi", diverte-se Lívia. "Foi muita coincidência mesmo".

Mas afinal de contas, por que Lívia tem duas camisetas com os dizeres em favor das libras? Ela explica que o interesse surgiu por um curso de libras que fez há um tempo. A estudante conta que já utilizou a linguagem, com amigos surdos. E as camisetas vieram em consequência desse envolvimento.

Dominar a língua brasileira dos sinais, porém, não facilitou a redação para Lívia. Ela conta que deixou a tarefa por último, e acabou fazendo com pressa. "Já que o tema parecia simples pra mim, pelo contato com surdos, fiz a prova com calma e quando vi faltavam 45 minutos. Poderia ter ido melhor, mas consegui repassar os problemas que eu sabia e apresentar as possíveis soluções", diz a estudante.

Por Globo.com

 

07/11
às 04:16

R$ 8 mil. Este é o valor avaliado de todo o figurino que foi roubado no camarim do humorista Renato Piada na noite de sábado (4), após apresentação no Centro de Cultura Amélio Amorim (CCAA), em Feira de Santana.

De acordo com a produção do evento, foram furtadas cinco calças, três camisas e um paletó. Novas roupas tiveram que ser providenciadas para a apresentação do artista que ocorreu ontem (5).

Piaba esteve na cidade para apresentar o espetáculo "Como entender as mulheres", que aborda assuntos que fazem parte do dia-a-dia delas.

O humorista preferiu não comentar o ocorrido. O caso foi registrado no Complexo Policial Investigador Bandeira, no bairro Jomafa.

Secult lamenta

Em nota, a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult), responsável pelo espaço, lamentou o ocorrido e disse que um processo administrativo será instaurado para apurar os fatos. O órgão diz ainda que prestará "toda assistência possível" à equipe do artista, bem como dará apoio e informações necessárias à Polícia Civil.

Por De Olho na Cidade

 

07/11
às 04:12

O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) pediu um parecer jurídico para avaliar a possibilidade de regulamentar a fiscalização de veículos com base na medição da velocidade média em determinado trajeto.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o pedido ocorre em meio a uma ação educativa lançada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET ) de São Paulo na última quarta-feira (1º), por meio da qual ela começou a advertir quem excede o limite em quatro vias paulistanas.

A medição visa flagrar motoristas acostumados a frear apenas nos pontos com radares e exceder a velocidade máxima nos demais trechos.

Pelo sistema testado pela CET, dois aparelhos delimitam um trecho monitorado: o primeiro grava a placa do veículo, a sua velocidade e a hora do registro; o segundo calcula o tempo necessário para percorrer o trajeto dentro do limite de velocidade da via.

Caso o motorista passe pelo ponto final antes do horário estipulado, ele recebe uma carta de advertência.

Diante da novidade, o Denatran quer entender se a lei atual pode ser ampliada por resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que regula a legislação viária no país.

Por isso, pediu o parecer jurídico à consultoria da Advocacia-Geral da União (AGU) no Ministério das Cidades. Do contrário, a previsão de punição com base na velocidade média teria que partir de projeto do Congresso.

Por De Olho na Cidade

 

07/11
às 04:03

O presidente Michel Temer afirmou hoje (6) que continuará empenhado e trabalhando pela reforma da Previdência, mesmo que a sociedade, a mídia e o Congresso Nacional não demonstrem interesse em mudar as regras para  aposentadoria do país. Na abertura de reunião de líderes da base aliada da Câmara dos Deputados, Temer ressaltou a urgência e a relevância da reforma da Previdência e também agradeceu o apoio da base a seu governo.

Aos líderes aliados, o presidente demonstrou "gratidão" pelo apoio ao governo e ressaltou que a reforma da Previdência não é dele, mas sim compartilhada, e necessária não apenas para o futuro, mas para o presente do país.

“Ela, a reforma da Previdência, não é minha, não é pessoal, e a essa altura é do governo, mas compartilhada. Se, em um dado momento, a sociedade não quer, a mídia não quer e a combate, e naturalmente o Parlamento, que ecoa as vozes da sociedade, não quiser aprova-la, paciência. Eu continuarei a trabalhar por ela, porque sei da importância da reforma da Previdência. Não é apenas em função de uma coisa de futuro, mas de uma coisa para já”, afirmou Temer.

Em uma crítica à imprensa, Temer afirmou, que mesmo se a reforma não seja aprovada, seu governo terá dado certo. “A reforma da Previdência é a continuação importante, fundamental para fecho das reformas que estamos fazendo. Continuarem empenhando nela, trabalharei muito por ela. Por mais que não se consiga fazer tudo, se permita que quem venha depois, mais adiante,  que possa fazer uma nova revisão da Previdência Social”.

Para Temer, somente a reforma possibilitará ao país retomar os investimentos que vão impulsionar a geração de empregos. Sem uma reformulação previdenciária, disse Temer, haverá dificuldade na refotomada dos empregos e dificuldade nos investimentos governamentais, porque tudo estará direcionado para cobrir o déficit. "Muitos pretendem derrotá-la, porque, derrotando-a, derrotam o governo, mas não é verdade: derrotam o Brasil”, afirmou o presidente.

Sem citar nomes, o presidente destacou que seu governo conseguiu derrotar, com a ajuda do Congresso, “aqueles que pretendiam colocar o Brasil em uma crise política” e “derrubar o presidente da República”. 

“Vocês se lembram que urdiram-se muitas tramas para derrubar o regime posto. Quero aqui mencionar as duas denúncias que foram desautorizadas pela Câmara dos Deputados, mas hoje, como está robustamente, enfaticamente, fortemente, relevantemente demonstrado, era uma articulação que tinha este objetivo, mudar o governo para um objetivo mesquinho, minúsculo, menor, que era impedir que o presidente pudesse nomear o sucessor daquele que ocupava a Procuradoria-Geral da República, acusou Temer. “E digo isso em voz forte, com letras garrafais”, enfatizou.

Por Correio

 

07/11
às 03:57

O feriadão de Finados registrou seis mortes em rodovias estaduais e federais na Bahia, de acordo com balanços divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Rodoviária Estadual (PRE), nesta segunda-feira (6).

Segundo a PRF, durante a Operação Finados, iniciada na última quarta-feira (1º) e finalizada neste domingo (5), ocorreram 61 acidentes nas rodovias federais que cortam a Bahia - 16 considerados graves. Nas rodovias estaduais, conforme a PRE, foram 11 acidentes, dois deles graves.

Todas as mortes foram em rodovias federais. Ainda nas BRs, 47 pessoas ficaram feridas. O número de ocorrências foi maior que o registrado no último feriadão, no Sete de Setembro.

A ocorrência mais frequente foi o excesso de velocidade, seguida de ultrapassagem indevida e não uso do cinto de segurança ou do capacete. Foram autuados 4.486 motoristas e motociclistas.

Bebida e direção

Os testes de bafômetros foram realizados pela PRF em 2.872 condutores - 46 apontaram ingestão de bebida alcoólica e os condutores foram autuados por infração administrativa. Seis deles foram presos por embriaguez ao volante, pois apresentavam concentração de álcool maior que 0,3 mg por litro de ar alveolar, o que configura crime de trânsito.

Na operação da PRF foram presas 19 pessoas. Além das seis por embriaguez ao volante, houve prisões por outros crimes, como porte ilegal de arma e uso de documento falso. Foram detidas duas pessoas com mandados de prisão em aberto e dois veículos roubados foram recuperados.

No balanço da PRE, foram registrados 11 acidentes nas rodovias estaduais, quatro deles com vítimas e dois considerados acidentes graves. Das 11 vítimas dos acidentes, duas se feriram gravemente. Nenhuma morte foi registrada.

Por Correio

 


PAES, BISCOITOS, SALGADOS, CONFEITARIAS E MUITO MAIS, ENTREGA PARA EVENTOS E ANIVERSÁRIO. Av. Getúlio Vargas, 927 fone (75)2101-9920 Feira de Santana BA.