Humildes Notícias - O site de notícias de Humildes - Bahia

HOME         POLÍTICA          ESPORTE         POLÍCIA         TRÂNSITO         RELIGIÃO         CULTURA E LAZER         EDUCAÇÃO         EMPREGO


12/04
às 03:23

Uma criança de um ano e 14 dias morreu horas após ser vacinada em um posto de saúde na localidade de Maria Quitéria, distrito de Feira de Santana, a 100 km de Salvador. Joanderson Jesus da Silva faleceu na madrugada desta terça-feira (11) após passar mal e ser atendido na Policlínica São José. 

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana (SMS), a criança havia tomado a primeira dose das vacinas de Tríplice Viral e Hepatite A e a segunda da Peneumocócica e Meningocócica conjugada na manhã de segunda (10), além da vacina contra o vírus Influenza.

Na noite do mesmo dia, a criança começou a ter febre e foi levada para atendimento na Policlínica São José, onde chegou com sinais de cianose (arroxeamento das extremidades do corpo pela falta de circulação sanguínea) e falta de ar. A SMS afirmou em nota que “a equipe plantonista usou de todos os recursos para salvar a vida, mas infelizmente não obteve êxito”. 

 

O corpo de Joanderson foi levado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana, onde será realizada a necropsia. Segundo a delegada que investiga o caso, Ludmila Vilas Boas, só depois que o laudo do exame for emitido é que será possível afirmar qual a causa da morte. 

“Nós vamos ouvir os pais, as pessoas envolvidas, buscar informações médicas para saber se as vacinas poderiam ser administradas todas juntas”, disse Ludmila, titular da 2ª Delegacia de Polícia de Feira de Santana. “É precipitado dizer que a morte foi decorrente da vacina”, explicou. 

Justificativa 
Segundo a SMS, as vacinas foram aplicadas por técnicos qualificados, seguiram as recomendações do Ministério da Saúde e estavam dentro do prazo de validade. A Secretaria informou que não há registro de que a "interação medicamentosa de vacinas possa causar danos à saúde ou óbito". 

A SMS disse ainda que presta solidariedade à família da criança e que está à disposição para prestar esclarecimentos e dar apoio às autoridades que investigam o caso.

Por Correio

 

11/04
às 03:07

O suspeito de matar o torcedor do Bahia Carlos Henrique de Deus, 17 anos, após o clássico BaVi, no domingo (9), já havia sido preso em fevereiro deste ano após briga com outro tricolor. De acordo com a Polícia Civil, Pietro Henrique Ferreira Caribé Pereira, 25, conhecido como Gringo, é estudante de direito, motorista do Uber e vigilante da Unifacs. Ele nega ligação com o crime, mas foi reconhecido por testemunhas e identificado pela vítima que sobreviveu ao ataque. 

Ainda segundo a polícia, em fevereiro, Pietro agrediu um torcedor do Bahia e rasgou a camisa da vítima. Ele ficou dez dias presos no Centro de Observação Penal (COP), na Mata Escura, sendo liberado após pagar fiança. Ele responde pela briga e por tentativa de furto, já que os documentos e o celular da vítima desapareceram após a confusão. Hoje, Pietro teria uma audiência sobre este caso. Além disso, Gringo também já tinha passagem por furto de veículo em 2011.

Segundo a Polícia Civil, ele é suspeito de atirar no adolescente. Outros quatro suspeitos estão sendo procurados por ter ligação com o crime - um deles também teria atirado nos tricolores. Ainda de acordo com a investigação, além de Carlos Henrique e do amigo, que sobreviveu, uma outra vítima foi atingida de raspão - uma mulher que ainda não foi localizada.

"A vítima sobrevivente aponta ele, sem sombra de dúvidas, como sendo o autor dos disparos. Temos outros envolvidos e estamos tentando alcançá-los. São quatro suspeitos que foram em direção à vítima, mas somente dois teriam atirado", informou a delegada Patrícia Brito, titular da 3ª Delegacia de Homicídios (DH/BTS). O nome do outro suposto atirador não foi divulgado para não atrapalhar as investigações e nem dificultar a prisão do mesmo.

Por Correio

 

11/04
às 03:04

O número de acessos em banda larga 4G cresceu 120% entre fevereiro de 2016 e fevereiro deste ano, com 37 milhões de novas conexões no período. Segundo dados divulgados hoje (10) pela Associação Brasileira de Telecomunicações (Telebrasil), o Brasil tem atualmente 67 milhões de acessos em 4G.

O número de municípios com cobertura 4G no Brasil cresceu 254% em relação ao de fevereiro do ano passado. Segundo a Telebrasil, as redes de quarta geração estão instaladas em 1.691 municípios e já alcançam cidades onde moram 74% dos brasileiros. Já as redes de 3G estão instaladas em 4.994 municípios, que concentram 98% da população.

No total, o Brasil registrou em fevereiro deste ano 223,3 milhões de acessos à internet, incluindo banda larga fixa e móvel. Destes, 26,9 milhões são em banda larga fixa e 196,4 milhões, em banda larga móvel, considerando 3G e 4G.

Por Agência Brasil

 

10/04
às 10:18
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lança, nesta segunda-feira (10), dois editais para selecionar 26 mil pessoas em caráter temporário.
 
Eles serão empregados durante cinco meses para a realização do 10º Censo Agropecuário. As vagas são para nível médio e superior e têm remuneração de R$ 1,5 mil a R$ 4 mil, a depender do cargo. Segundo o IBGE, do total de vagas, 3 mil serão destinadas à prestação do serviço na Bahia.
Por Correio

 

10/04
às 10:13
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) fica mais caro este ano. Para se inscrever, o candidato terá que pagar R$ 82. A nova taxa está no edital do exame, publicado hoje (10) no Diário Oficial da União. No ano passado, a taxa era de R$ 68.
 
As inscrições começam às 10h do dia 8 de maio e terminam às 23h59 do dia 19 de maio, pela internet, no site do Enem . O pagamento deve ser feito até o dia 24 de maio.
 
Segudo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a correção não só levou em conta a variação de preços pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), como incorporou variações de anos anteriores que deixaram de ser aplicadas e parte da diferença entre o custo do exame e a taxa de inscrição.
 
Atualmente, o Inep cobre cerca de 70% do custo do exame. No ano passado, por exemplo, o custo, de R$ 91,49 por participante, foi R$ 23,49 acima do valor pago. A autarquia diz que mesmo com a alta, o Enem está abaixo da média dos vestibulares do país, que é R$ 140.
 
Isenções
 
Pelas regras do edital estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o ensino médio em 2017, os participantes de baixa renda que integram o CadÚnico e os que se enquadram na lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.
 
O Inep informa que vai conferir todos os pedidos de isenção. Caso o candidato não se enquadre, poderá gerar o boleto e pagar a taxa para participar do Enem. Se as informações prestadas forem falsas e for constatada concessão indevida de isenção, o participante será eliminado do exame e terá que ressarcir a taxa.
 
A partir deste ano, o sistema de inscrição permitirá que o participante informe o Número de Identificação Social, do CadÚnico. Para que a isenção seja validada, é preciso que os dados pessoais sejam iguais aos cadastrados na base da Receita Federal.
 
Os participantes isentos que não comparecerem nos dois dias de prova e quiserem fazer o Enem 2018 sem pagar a taxa terão que justificar a ausência por meio de atestado médico, documento judicial ou boletim de ocorrência. Caso contrário, perderão a isenção.
 
Enem
 
O Enem 2017 será realizado em dois domingos consecutivos – dias 5 e 12 de novembro – e não mais em um único fim de semana. No primeiro domingo, os estudantes farão provas de ciências humanas, linguagens e redação. No segundo, as provas serão de matemática e ciências da natureza.
 
Os resultados das provas poderão ser usados em processos seletivos para vagas no ensino superior público, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).
 
Por Agência Brasil

 

10/04
às 06:59
O Conselho Nacional de Consumidores de Energia Elétrica (Conacen) quer que o governo reavalie o cálculo dos valores que terão que ser incluídos na conta de luz dos brasileiros para pagar indenizações às transmissoras de energia elétrica. O assunto foi tratado na última semana em reunião da diretoria do Conacen com o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho.
 
Recentemente, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu que nove concessionárias de transmissão de energia deverão receber indenizações de R$ 62,2 bilhões nos próximos oito anos. A remuneração é uma gratificação paga pelos investimentos feitos pelas empresas que renovaram suas concessões antecipadamente em 2012.
 
“Consideramos que deveria ser melhor avaliado se esse é o número que deve ser praticado. Também questionamos por que isso está sendo cobrado dos consumidores, pois a portaria inicial falava que qualquer indenização desse tipo iria ser coberta pelo Tesouro. E, de repente, saiu uma medida tirando do Tesouro e passando para o consumidor”, disse o presidente do Conacen, José Luiz Nobre Ribeiro.
 
Segundo ele, o ministro mostrou-se aberto a fazer uma reavaliação dos números e a encontrar uma forma de amenizar a cobrança para os consumidores ao longo dos anos. A diretoria do Conacen também foi recebida na Aneel, onde conversou com o diretor Reive Barros sobre o assunto.
 
Caso a indenização seja mantida, o Conacen defende que ela seja cobrada dos consumidores de uma forma “mais palatável”, com prazo maior, por exemplo. “Poderia aproveitar momentos em que a tarifa já tenha que ser reduzida, e não significar um aumento na tarifa de energia”, disse Ribeiro. A estimativa da Aneel é que o impacto das indenizações às distribuidoras nas contas de luz seja de 7,17%, que será aplicado nos reajustes das tarifas dos próximos oito anos.
 
Por Agência Brasil

 

09/04
às 19:59
Uma grande prévia com gostinho de quero mais . O primeiro dos pelo menos cinco Ba-Vis de 2017 teve todos os ingredientes de um grande clássico. Suspense, surpresas, expulsão, gols e muita festa nas arquibancadas. Cirúrgico, o Vitória levou a melhor e venceu o Bahia por 2x1 com gols de Cleiton Xavier e Kanu. Alan Costa, contra, descontou para o tricolor.
 
Como todo bom clássico, teve emoção, apreensão e novidades antes mesmo da bola rolar, quando o Bahia confirmou o veto de Edson, que sofreu uma pancada no treino de sexta-feira, e o Vitória anunciou que Kieza ficaria de fora, por ter sentido a coxa durante o aquecimento. Renê Júnior e André Lima foram os respectivos substitutos. 
 
Quando o jogo começou, o Vitória foi o primeiro a assustar. André Lima abriu na esquerda para Gabriel Xavier, que fez cruzamento perigoso para o camisa 99 pegar de primeira e mandar por cima do gol, assustando Anderson.
Na cobrança de falta, Régis rolou para Juninho pegar firme na bola e obrigar Fernando Miguel a fazer uma defesa difícil. No final do primeiro tempo, em lance despretensioso, Zé Welison teve uma entorse no joelho na disputa com Régis e teve que ser substituído por Bruno Ramires. 
 
Quando o 0x0 teimava no placar, Cleiton Xavier tirou o grito de gol da garganta dos rubro-negros aos 44 minutos. A jogada começou com André Lima ganhando de Tiago pelo alto e desviando para Gabriel Xavier. O meia invadiu a área na velocidade e cruzou para trás. Juninho se antecipou e quase mandou contra, Armero tirou de cabeça em cima da linha e, na sobra, Patric teve tranquilidade para cruzar no pé de Cleiton, que só empurrou para o fundo das redes. 
 
E deu tempo de sair mais um. Aos 48, Gabriel Xavier cobrou escanteio e Kanu subiu mais que toda a zaga tricolor para fazer o segundo. Uma cabeçada certeira, no ângulo. 
 
JOGO QUENTE
 
Em desvantagem no placar, o Bahia voltou com tudo para o segundo tempo e, logo no primeiro lance, Allione cruzou no capricho para Edigar ajeitar de cabeça buscando Hernane, mas Kanu chegou antes dele. 
 
Tiago tratou de complicar a reação tricolor. Em disputa de bola com André Lima, o zagueiro deixou o braço no rosto do atacante e foi expulso. Com um a menos, as coisas ficaram ainda mais difíceis para o Bahia. O Vitória controlava com tranquilidade e sem se expor. 
 
Até que, aos 12 minutos, Eduardo fez grande jogada pela direita e chutou rasteiro. A bola desviou no zagueiro rival Alan Costa, que tentou fazer o corte. A bola, contudo, foi direto contra o próprio gol.
 
O gol encorajou o Bahia, que passou a acreditar no empate. Novamente pelo lado direito, Régis tentou cruzamento rasteiro, mas Kanu cortou bem. O Vitória respondeu com Paulinho. Juninho tentou o corte e a bola foi para trás. Cara a cara com Anderson, o atacante tentou deslocar o goleiro tricolor, que fez grande defesa com os pés.
 
Guto colocou Zé Rafael em campo no lugar de régis, para tentar aumentar o poderio ofensivo do time. Argel respondeu com a entrada de Jhemerson no lugar de Gabriel Xavier. Em sua última cartada, Guto promoveu Gustavo na vaga de Edigar Junio e foi vaiado, chamado de burro pela segunda vez, assim como na saída de Régis.
 
Coube ao Vitória continuar controlando bem a partida para sair vencedor. Líder isolado e vantagem garantida até a final do campeonato, caso chegue mesmo lá. 
 
 
Por Correio

 

09/04
às 13:35
Um vídeo, obtido pelo G1, mostra o momento em que um carro explode enquanto era abastecido com gás GNV em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. No acidente, uma mulher morreu e três pessoas se feriram com a explosão no posto de combustível na noite de sábado (8).
 
Segundo relatos de testemunhas ao Corpo de Bombeiros, o carro com um casal chegou por volta de 23h para abastecer. No momento da explosão, apenas a mulher estava no veículo.
 
O posto fica na Avenida José de Mendonça Campos, às margens da RJ-104. Mais três pessoas ficaram feridas, ente elas o homem que dirigia o veículo. Não há informações sobre o estado de saúde desses feridos, que foram levados para um hospital da região. Também não havia informações sobre as causas da explosão, até a publicação desta reportagem.
 
CLIQUE AQUI E VEJA O VIDEO: youtu.be/ooI-KtR0mDY
 
Por G1

 

09/04
às 13:23
O papa Francisco condenou hoje (9) os dois atentados a bomba ordenados pelo grupo terrorista Estado Islâmico contra duas igrejas coptas (vertente do cristianismo) no Egito. Durante a missa do Domingo de Ramos, na Praça de São Pedro, no Vaticano, o Papa manifestou seu pesar pelas vítimas.
 
“Rezo pelos mortos e feridos. Estou próximo aos familiares e a toda comunidade. Que o Senhor converta o coração das pessoas que semeiam terror, violência e morte e também o coração daqueles que fazem e traficam armas”, clamou o pontífice.
 
De acordo com o último balanço divulgado pelas autoridades locais, pelo menos 36 pessoas morreram e 74 ficaram feridas após as duas explosões, que ocorreram nas cidades de Tanta e Alexandria. As bombas foram detonadas durante a celebração de missas em comemoração ao Domingo de Ramos, ocasião que marca o início da Semana Santa.
 
Após a confirmação das primeiras mortes, o Estado Islâmico confirmou, por meio de comunicado enviado a simpatizantes e divulgado pelas redes sociais, ter ordenado os ataques.
 
Por Correio

 

09/04
às 11:54
Pelo menos 36 pessoas morreram e 74 ficaram feridas após explosões ocorridas dentro de duas igrejas coptas (vertente do cristianismo) no Egito. Os fiéis foram atingidos no momento em que participavam de uma missa em comemoração ao Domingo de Ramos, celebração que marca o início da Semana Santa.
 
A primeira explosão foi registrada em Tanta, a cerca de 100 quilômetros do Cairo, capital do país. Duas horas depois, a segunda bomba explodiu em Alexandria, no norte do Egito. Ainda não foram divulgadas informações sobre suspeitos dos dois atentados.
 
As explosões ocorrem a vinte dias da primeira viagem do papa Francisco ao Oriente Médio. O papa deve chegar ao Egito no dia 28 de abril, quando se reunirá com autoridades do governo, lideres muçulmanos e com o papa da Igreja Copta Cristiniana, Teodoro II.
 
Por Correio

 


PAES, BISCOITOS, SALGADOS, CONFEITARIAS E MUITO MAIS, ENTREGA PARA EVENTOS E ANIVERSÁRIO. Av. Getúlio Vargas, 927 fone (75)2101-9920 Feira de Santana BA.