Bahia tem 12 políticos citados em lista de investigados do ministro Fachin
12/04
às 08:23
São 12 os políticos baianos citados na lista de inquéritos abertos pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin: a senadora Lídice da Mata (PSB), os deputados federais João Carlos Bacelar (PR), José Carlos Aleluia (DEM), Daniel Almeida (PCdoB), Mário Negromonte Jr. (PP), Cacá Leão (PP), Nelson Pellegrino (PT),  Jutahy Júnior (PSDB), Arthur Oliveira Maia (PPS),  Lúcio Vieira Lima (PDMB), Antônio Brito (PSD) e o vereador de Salvador Edvaldo Brito (PSD), que foi candidato ao Senado em 2010. 
 
A maioria deles foi localizada pelo CORREIO e disseram apoiar as investigações e que  os inquéritos serão arquivadas pois não cometeram ilícitos. Além da senadora Lídice da Mata (PSB), também estão presentes no documento os deputados federais Lúcio Vieira Lima (PMDB), José Carlos Aleluia (DEM), João Carlos Bacelar (PR), Mário Negromonte Jr. (PP), Cacá Leão (PP), Daniel Almeida (PCdoB), Jutahy Júnior (PSDB), Nelson Pelegrino (PT), Antônio Brito (PSD), Arthur Maia (PPS) e o vereador Edvaldo Brito (PSD) – que foi candidato ao cargo de senador em 2010. 
 
Em nota, a senadora Lídice da Mata destacou que acha muito importante a autorização do Supremo Tribunal Federal (STF) para a devida abertura dos inquéritos. “Espero que agora haja a quebra do sigilo de todo o processo, como já havia solicitado”. Ela reforçou que tem a consciência tranquila e a confiança de que tudo será esclarecido. “A seriedade da minha vida pública fala por mim. Quem não deve não teme. Espero que as investigações avancem com transparência e agilidade. Que as responsabilidades sejam devidamente apuradas para que separemos o joio do trigo”, declarou.
 
O deputado  José Carlos Aleluia também reforçou a importância de que a investigação tenha sido autorizada e previu que o processo contra ele será arquivado. “Estou absolutamente tranquilo de que será arquivado, não tenho nada a temer”, disse. 
 
Jutahy Júnior também declarou que está tranquilo com a abertura de uma investigação contra ele. “Não tenho nada a ver com a Lava Jato. É natural (a abertura do inquérito), procedimento correto de fazer investigação e tenho absoluta convicção que procedimento será arquivado”. 
 
Por meio de nota, o petista Nelson Pelegrino  também disse estar tranquilo. “Meu advogado vai requerer o conteúdo ao STF e, após o conhecimento dos termos, me manifestarei”. 
 
Cacá Leão  pontuou que “uma suposta lista oficial do Estadão (do jornal O Estado de São Paulo) tem que ser confirmada pelo STF”. Ele reforçou que é preciso que as investigações aconteçam. “O Brasil tem que ser passado a limpo. Fui pego de surpresa, até porque nunca tive qualquer tipo de relação com a Odebrecht, nunca procurei, nunca fui procurado, mas estou muito tranquilo, sereno, se for pedida a abertura do inquérito, será arquivado”, garantiu o parlamentar. 
 
Sobre a lista, o deputado João Carlos Bacelar se limitou a dizer que “as acusações não são verdadeiras” e que confia  no Poder Judiciário.
 
Já Daniel Almeida declarou, em nota, que não tem nada a temer. “Sobre as notícias citando o meu nome em possível investigação no STF, não tenho nada a temer. Os baianos e os brasileiros conhecem minha trajetória de mais de 30 anos de atividade pública. Se algum inquérito for aberto, tenho total convicção que o destino será o arquivamento”.
 
Os deputados Lúcio Vieira Lima, Mário Negromonte Jr,  Antônio Brito, Arthur Maia e o vereador Edvaldo Brito não se posicionaram sobre a questão até o fechamento desta edição.
 
Lista de Fachin
 
Ao todo, o juiz autorizou a abertura de investigação contra oito ministros do governo federal, três governadores, 24 senadores e 42 deputados federais com foro no STF. Todos foram citados nos depoimentos de delação premiada de ex-diretores da empreiteira Odebrecht, no âmbito da Operação Lava Jato. O ministro do Tribunal de Contas da União  Vital do Rêgo Filho também será investigado. 
 

Por Correio

Related Posts with Thumbnails

Comentários

 

 



PAES, BISCOITOS, SALGADOS, CONFEITARIAS E MUITO MAIS, ENTREGA PARA EVENTOS E ANIVERSÁRIO. Av. Getúlio Vargas, 927 fone (75)2101-9920 Feira de Santana BA.