Vitória perde em casa para o Paraná por 2x0 e se complica na Copa do Brasil
14/04
às 02:17

O tropeço veio quando não podia. Nesta quinta-feira (13), no Barradão, o Vitória perdeu sua invencibilidade de 18 jogos após ser derrotado por 2x0 pelo Paraná, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. Com o resultado, o time paranaense pode até perder no jogo de volta, em Curitiba, na próxima quarta-feira (19), às 19h30. Agora, para se classificar às oitavas de final, o Leão precisa vencer por três gols de diferença ou por dois gols, caso o placar seja de 3x1 em diante.

Um primeiro tempo com a cara da Copa do Brasil. Competitivo, mas cheio de cautela. Em uma competição onde um único gol pode jogar um sonho por água abaixo, todo cuidado, de fato, era pouco.

O rubro-negro começou o duelo com certo domínio. Porém, a primeira chance de perigo demorou 15 minutos para aparecer. Willian Farias aproveitou uma sobra de bola e, de fora da área, mandou uma bomba que passou perto do gol de Léo. No lance seguinte, David chegou à linha de fundo em jogada pela direita e cruzou no segundo pau para Cleiton Xavier, que ajeitou e tocou no meio da pequena área. André Lima recebeu e cabeceou, mas a bola foi para fora. 

Aos 22, mais Vitória. Cleiton Xavier recebeu passe de David na ponta direita e tentou chutar para o gol, mas Léo defendeu com facilidade.

A máxima do futebol prevaleceu. Quem não faz, leva. O Paraná começou a amadurecer seu gol e ensaiou furar o bloqueio em jogadas de Leandro Vilela e com Renatinho - decorem esse nome -, que arriscaram de longe. 

No último minuto do primeiro tempo, aos 48, Renatinho cobrou escanteio na área e Airton, meio de voadora, mandou a bola para o fundo do gol e fez 1x0. O time do técnico Argel Fucks não sofria gols no Barradão há seis jogos.

Na volta, os dois times tiveram uma caída. Com um Paraná mais recuado, o Vitória encontrou dificuldade de criar jogadas ofensivas, mas chegou com perigo aos oito minutos. Cleiton Xavier tocou para David em contra-ataque e o atacante chutou de perna esquerda, porém a bola passou por cima do gol de Léo. 

Foi sofrido e suado, mas o impressionante fôlego de David ainda dava esperança ao rubro-negro. Aos 33, o atacante pegou uma sobra de fora da área, cortou o marcador e mandou uma bomba para o gol, a bola desviou em Eduardo Brock e quase entrou. 

O Leão foi aguerrido e tentou até o final, mas a dupla de zaga paranaense trabalhou certo. E novamente, quem não fez, levou. Aos 43 minutos, o Paraná arrancou um contra-ataque, Diego Tavares recebeu na entrada da área, driblou Euller e bateu cruzado. Guilherme Biteco, livre, só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol e sacramentar o placar final: 2x0. 

Maratona

O Vitória terá uma sequência de cinco jogos decisivos. O próximo já é neste domingo, contra o Vitória da Conquista, pelo jogo de ida da semifinal do Campeonato Baiano. O duelo será no estádio Lomanto Júnior. Em seguida, o Leão faz o jogo de volta da Copa do Brasil diante do Paraná, enfrenta novamente o Conquista e encara os dois jogos da semifinal da Copa do Nordeste contra o rival Bahia, nos dia 27 e 30.

Por Correio

Related Posts with Thumbnails

Comentários

 

 



PAES, BISCOITOS, SALGADOS, CONFEITARIAS E MUITO MAIS, ENTREGA PARA EVENTOS E ANIVERSÁRIO. Av. Getúlio Vargas, 927 fone (75)2101-9920 Feira de Santana BA.